David Ferrer vence Volandri de virada na estreia do Masters 1000 de Roma

Veterano espanhol ganhou por dois sets a um para avançar no torneio italiano

David Ferrer vence Volandri de virada na estreia do Masters 1000 de Roma
Ferrer em ação na Itália/ Foto: Dennis Grombkowski/ Getty Images
David Ferrer
2 1
Filippo Volandri

Nesta terça-feira (10), o tenista espanhol David Ferrer venceu Filippo Volandri da Itália por dois sets a um, com parciais de 4/6 7/5 e 6/1, em duas horas e um minuto de jogo. Com a vitória, o tenista da Espanha avançou à segunda rodada do Masters 1000 de Roma, na Itália.

O adversário de Ferrer na próxima rodada será o compatriota Guillermo Garcia Lopez - 51º colocado no ranking da ATP - que vem de vitória sobre o italiano Fabio Fognini por dois sets a zero, com parciais de 6/1 e 7/6, em uma hora e 38 minutos de partida.

Ferrer começou a partida muito abaixo, tendo apenas 69% de aproveitamento dos pontos com seu primeiro saque e 67% com seu segundo. Enquanto o italiano fez 84% dos pontos com o primeiro serviço e 83% com o segundo. Aproveitando uma das duas oportunidades de quebra que teve, Volandri fechou a primeira parcial com 6/4.

O espanhol nono colocado no ranking da ATP elevou o nível de seu jogo e equilibrando a segunda parcial. A principal diferença esteve nos break points: enquanto Ferrer se salvou em todas as vezes que foi ameaçado, o italiano foi quebrado uma vez. Desse modo, Ferrer empatou o jogo com 7/5. Amplamente superior no terceiro e decisivo set, o espanhol foi arrasador, conquistando dois breaks no saque do adversário e fechar a partida com 6/1 após mais de duas horas em quadra.

O atual campeão do torneio é o número um do mundo, Novak Djokovic da Sérvia. Na decisão de 2015, o sérvio venceu Roger Federer da Suíça por dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 6/3.

Entre os dias sete e 15 de maio de 2016 ocorre o Masters 1000 de Roma, na Itália. O torneio distribui 1000 pontos no ranking da ATP, além de mais de quatro milhões de euros de premiação. Em busca do título estão Novak Djokovic da Sérvia, Andy Murray da Escócia, Roger Federer da Suíça, Stan Wawrinka também da Suíça, Rafael Nadal da Espanha, Kei Nishikori do Japão, Tomas Berdych da República Tcheca e David Ferrer da Espanha.