Thomaz Bellucci se despede de Roland Garros ao ser eliminado também nas duplas

Brasileiro formou dupla com o eslovaco Martin Klizan

Thomaz Bellucci se despede de Roland Garros ao ser eliminado também nas duplas
Adupla vencedora, Vasek Pospisil e Jack Sock (Foto: Julian Finney/GettyImages)
J. Sock/V. Pospisil
2 0
T. Bellucci/M. Klizan

Thomaz Bellucci se despediu de vez de Roland Garros 2016 nesta quinta-feira (26) ao ser superado junto de seu parceiro, o eslovaco Martin Klizan, pelo conjunto formado entre o norte-americano Jack Sock e o canadense Vasek Pospisil. Eles perderam logo na estreia da chave de duplas por dois sets a zero, parciais de 6-1/7-5, em 1h18.

Apesar das parciais apontarem para um jogo mais fácil na primeira parcial em relação à segunda, o que se viu em quadra foi uma partida equilibrada. Bellucci e Klizan ofereceram mais perigo na primeira parcial, porém, desperdiçaram as oportunidades que tiveram, enquanto Sock e Pospisil não deixaram escapar uma sequer.

As 4 possibilidades de quebra que tiveram não foram concluídas pelo brasileiro e sua dupla, ao contrário de seus oponentes que tiveram 100% de aproveitamento em suas duas chances, possibilitando que eles fechassem o set em 6-1.

Já na segunda parcial, break points apenas para o canadense e o norte-americano. Set disputado com quebra apenas no 11º game, Bellucci e Klizan chegaram a salvar duas outras chances antes desta, que deu a oportunidade de Sock e Pospisil sacarem para o jogo.

Na segunda rodada, Jack Sock e Vasek Pospisil enfrentaram a dupla formada pelos franceses Julien Benneteau e Edouard Roger-Vasselin, que venceram o espanhol Albert Ramos-Vinolas e o tcheco Jiri Vesely por dois sets a um, parciais de 6-0/4-6/7-6(2).

Ao contrário de Bellucci, os brasileiros Marcelo Melo e Bruno Soares estrearam com vitórias em Roland Garros. Junto do croata Ivan Dodig, Melo defende o título do ano passado e não teve trabalhos para avançar, eles venceram a dupla formada pelo sérvio Viktor Troicki e o holandês Robin Haase por dois sets a zero, parciais de 6-0/6-3. Bruno e Jamie Murray, campeões no Australian Open, também passaram com tranquilidade sobre a dupla russa Evgeny Donskoy e Andrey Kuznetsov com um duplo 6-3.