Andy Murray bate Isner e avança às quartas em Roland Garros

Vice-líder do ranking da ATP precisou de apenas três sets para despachar o norte americano e avançar para as quartas de final do Major francês

Andy Murray bate Isner e avança às quartas em Roland Garros
Murray em ação na capital francesa/ Foto: Dennis Grombkowski/ Getty Images
Andy Murray
3 0
John Isner

Neste domingo (29), o tenista escocês Andy Murray venceu John Isner dos Estados Unidos por três sets a zero, com parciais de 7/6 6/4 e 6/3. Com a vitória, o vice-líder do ranking da ATP avançou às quartas de final do segundo Grand Slam do ano, Roland Garros.

O adversário de Murray na próxima rodada será o vencedor da partida entre o quinto cabeça de chave do torneio - Kei Nishikori do Japão - e o francês Richard Gasquet

Ambos tenistas começaram o jogo muito bem em seus games de serviço. Desse modo, a decisão do primeiro set foi para o tiebreak. Murray começou com um minibreak, que manteve até o 5/5, quando teve de salvar dois set points. Porém, no 9/9 o escocês obteve novamente a quebra para fechar a parcial com 11/9 após o erro não forçado do norte americano. 

Os dois sets seguintes foram definidos com uma quebra de vantagem para o escocês, que foi superior, vencendo 28% dos pontos na devolução de primeiro serviço do adversário, além de ganhar 69% dos pontos em seu primeiro saque e ganhar quase metade dos rallys de média duração.

Na terceira rodada, o cabeça de chave número dois do torneio entrou em quadra para enfrentar o croata Ivo Karlovic, de 37 anos. Depois dos longos jogos na estreia e na segunda rodada, o tenista da Escócia enfim teve uma vitória tranquila. Em sets diretos, com parciais de 6/1 6/4 e 7/5. Já Isner precisou de cinco sets para bater o russo Teymuraz Gabashvili, com parciais de 7/6 4/6 2/6 6/4 e 6/2.

Esta foi o sexto encontro entre os dois em partidas válidas pelo circuito profissional da ATP. Anteriormente, Murray possuía uma grande vantagem de cinco vitórias em cinco jogos. A última vez que eles se enfrentaram foi nas oitavas de final do Masters 1000 de Xangai com vitória do escocês de virada, com parciais de 6/7 6/4 e 6/4.

Confiante: é assim que chega o britânico Andy Murray, segundo colocado do ranking mundial, para a disputa de Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada. Após vencer Novak Djokovic na final de Roma, o britânico se afirmou como um dos grandes candidatos ao título, mostrando que não é um jogador fraco no saibro, como sempre foi dito.

Entre os dias 22 de maio e cinco de junho ocorre o segundo Grand Slam do ano em Paris. A melhor cobertura de Roland Garros você acompanha na VAVEL Brasil.