Ao lado de John Peers, Bruno Soares estreia com vitória na grama de Stuttgart

Mineiro, fazendo dupla com o australiano, venceu Dimitrov/ Baghdatis no ATP 250 de Stuttgart

Ao lado de John Peers, Bruno Soares estreia com vitória na grama de Stuttgart
Bruno Soares em ação/ Foto: Getty Images
Soares/ Peers
2 1
Dimitrov/ Baghdatis

Nesta segunda-feira (06), o tenista brasileiro Bruno Soares, jogando ao lado de John Peers da Austrália, ganhou de Marcos Baghdatis do Chipre e Grigor Dimitrov da Bulgária por dois sets a um, com parciais de 7/6 6/7 e 10/4, em uma hora e 40 minutos de jogo. Com a vitória, a dupla brasileira-australiana avançou à segunda rodada do ATP 250 de Stuttgart, na Alemanha.

Os adversários de Soares e Peers na próxima rodada serão os vencedores da partida entre o russo Andrey Kuznetsov e Gilles Simon da França contra o francês Fabrice Martin e o austríaco Oliver Marach.

"É muito bom começar com vitória na temporada de grama. O primeiro jogo nessa mudanca de superfície é sempre complicado e ainda mais contra esses jogadores. Foi um dia proveitoso." analisou o brasileiro. "Quero aproveitar e pegar um bom ritmo, pensando nos torneios maiores que são Queen's e Wimbledon."​ completou.

Bruno Soares vem de eliminação na terceira rodada do segundo Grand Slam do ano, Roland Garros. Jogando ao lado do escocês Jamie Murray, eles foram derrotados pelo polonês Marcin Matkowski e o indiano Leander Paes por dois sets a zero, por duplo 7/6 depois de dois tiebreaks.

Soares e Peers são a dupla cabeça de chave número três do torneio. O australiano John Peers é o atual 12º colocado no ranking da duplas da ATP, com 4830 pontos. Já o brasileiro é o nono colocado no ranking, com 5330 pontos. Uma posição acima dele está o mineiro Marcelo Melo, que, com a eliminação na semifinal de Roland Garros, caiu para a oitava posição, com 6310 pontos. O novo número um do mundo é o francês Nicolas Mahut.

O ATP 250 de Stuttgart, na Alemanha, ocorre entre os dias seis e 12 de junho e serve como preparação para o terceiro Grand Slam do ano, Wimbledon. O torneio distribui 250 pontos no ranking da ATP, além de 675 mil euros de premiação. Entre os principais favoritos ao título estão o suíço Roger Federer, o croata Marin Cilic, o austríaco Dominic Thiem, o francês Gilles Simon, o espanhol Feliciano Lopez, o sérvio Viktor Troicki, o alemão Philipp Kohlschreiber e o francês Lucas Pouille