Monteiro sente lesão nas costas e desiste de Challenger em Blois

Brasileiro nem entrou em quadra nesta quinta-feira (16)

Monteiro sente lesão nas costas e desiste de Challenger em Blois
Foto: Divulgação - Brasil Open

Após mais uma final em um Challenger francês, dessa vez em Lyon, na semana passada, Thiago Monteiro seguiu para Blois dar sequência a sua gira pela europa e fazer o último torneio antes do qualificatório de Wimbledon. Após passar a primeira rodada, ele enfrentaria na manhã dessa quinta-feira o sérvio Miljan Zekic, 268 do mundo, no entanto, um desconforto nas costas o fez desistir do jogo antes mesmo de entrar em quadra.

O cearense emitiu uma nota no Facebook para comunicar a desistência do torneio: 

"Pessoal, não trago boas notícias hoje!

Tive que desistir aqui em Blois nas oitavas.

Estou sentindo as costas desde a segunda rodada na semana passada. Vinha tratando e conseguindo jogar, na final senti um pouco mais. Na segunda e terça-feira aqui em Blois melhorei, mas voltei a sentir durante minha estreia ontem.

Por precaução optei em conjunto com minha equipe da Tennis Route desistir do torneio aqui para descansar, tratar e correr contra o tempo para jogar o quali de Wimbledon que começa na semana que vem.

Agora é correr contra o tempo. Vamos com tudo na recuperação.

Obrigado"

Thiago alcançou, nessa semana, a o melhor ranking de sua carreira, atingindo a posição de número 128 na ATP, conquistada após o vice campeonato na semana passada em Lyon. Na temporada, ele é o 69 do mundo, seguindo como o melhor brasileiro do ano. Com a segunda rodada em Blois, Monteiro ainda subirá mais, pondendo alcançar a 124ª posição, caso não seja ultrapassado por adversários próximos.

Outro brasileiro que não conseguiu dar sequência aos jogos na semana foi o gaúcho André Ghem, que foi derrotado pelo experiente espanhol Ruben Ramirez Hidalgo, ontem (15), no Challenger de Poprad Tatry. Em 1h51 de partida, ele tomou a virada com parciais de 4-6 6-1 6-1 e agora se prepara para o quali do Grand Slam britânico.