Andy Murray, o verdadeiro rival de Djokovic

Vice-líder do ranking da ATP parece ser o único capaz de vencer Djokovic nesta temporada. Em Wimbledon, o escocês busca o bicampeonato

Andy Murray, o verdadeiro rival de Djokovic
Andy Murray, o verdadeiro rival de Djokovic/ Foto: Richard Heathcote/ Getty Images

No próximo dia 27 de junho tem início o terceiro e mais tradicional Grand Slam da temporada, Wimbledon. Disputado no The All England Lawn Tennis Club, em Londres, o torneio celebra sua 130ª edição neste ano de 2016. Campeão em 2013 e atual número dois do ranking da ATP, o escocês Andy Murray mostra-se um rival perigoso para Novak Djokovic, o número um do mundo.

Nascido em 15 de maio de 1987 em Glasgow, Escócia, Murray aprendeu a jogar tênis na grama. Isso o torna um dos melhores jogadores no piso da atualidade. Na relva, Andy acumula grandes feitos, como a medalha de ouro nas Olimpíadas de Londres de 2012 e Wimbledon em 2013.

Para a edição deste ano, o vice líder do ranking da ATP vem com confiança. Em seu melhor ranking da carreira, o escocês fez sua primeira final em Roland Garros semanas atrás e vem de título no ATP 500 de Londres. Na grama londrina, Murray venceu o canadense Milos Raonic na decisão por dois sets a um, com parciais de 6/7 6/4 e 6/3, em duas horas e 13 minutos para conquistar seu quinto troféu de Queen's e se tornar o maior campeão na história.

Confira as partidas de Murray na grama em 2016:

Queen's  7/6 7/6 - Nicolas Mahut (FRA)
Queen's 6/3 6/4 - Aljaz Bedene (GBR)
Queen's 6/4 3/6 6/1 - Kyle Edmund (GBR)
Queen's 6/3 4/6 6/3 vs Marin Cilic (CRO)
Queen's 6/7 6/4 6/3 - Milos Raonic (CAN)

Nesta semana, Murray contou com uma novidade: seu antigo técnico, o tcheco Ivan Lendl. Em entrevista, analisou: "Murray se encontra numa posição distinta desta vez. Até ganhar um Slam, ele não sabia de que era capaz. Agora, temos esse conhecimento, e a questão é: ele pode fazê-lo de novo (vencer um Slam)? Creio que esta pergunta é mais fácil: Ele pode fazer isso? Há uma importante diferença." e completou: "No tênis, há o Grand Slam ao longo de uma carreira, o Grand Slam na mesma temporada e o Golden Slam. Djokovic tem a oportunidade de fazer todos neste ano. Obviamente, Andy e eu queremos arruinar os planos de Djokovic, se pudermos."

Com Lendl de volta à sua equipe, Andy Murray se torna o grande desafiador de Djokovic em sua defesa pelo título da temporada passada.

A melhor cobertura da 130ª edição do terceiro e mais tradicional Grand Slam do ano, Wimbledon, você acompanha na VAVEL Brasil.