Wimbledon 2016 - Bruno Soares e Jamie Murray tentam o segundo slam no ano

Dupla brasileiro-britânica tentará conquistar a glória máxima na grama de Londres

Wimbledon 2016 - Bruno Soares e Jamie Murray tentam o segundo slam no ano
(Foto: Roland Garros/Divulgação)

O terceiro Grand Slam do ano está prestes a começar. A partir do dia 27 de junho, todos poderão acompanhar o maior e mais antigo torneio de tênis do mundo, em sua 139° edição. Históricamente, é considerado o campeonato mais importante e mais prestigiado do mundo, por ter suas peculiaridades e tradições charmosas e ditadas pela rainha.

Uma das principais duplas que disputarão o título é a do brasileiro Bruno Soares com o britânico Jamie Murray, irmão do simplista Andy Murray. Número um do mundo, o natural de Dunblane nunca conquistou o título em sua terra, e, por isso, buscará o mesmo com todas as suas forças.

A temporada atual

No ano, Murray/Soares são os terceiros colocados no ranking, atrás apenas dos irmãos Bryan e dos franceses Mahut/Herbert, que vem tendo uma temporada espetacular.

O primeiro torneio da nova parceria foi o ATP 250 de Brisbane, onde saíram campeões vencendo a dupla de Rohan Bopanna Florin Mergea na final. Já na sequência, conquistaram seu primeiro título de Grand Slam ao bater a experiente dupla de Daniel Nestor Radek Stepanek por 2/6, 6/4 e 7/5. Nenhum dos dois tenistas havia conquistado um Slam de duplas masculinas na carreira.

De lá pra cá, atuações regulares em Masters 1000, tendo atingido quartas de finais em Indian Wells Roma, e chegando a final em Monte Carlo, quando perderam para Herbert Mahut por 6/4, 0/6 e 10-6. No Aberto da França, eliminação na terceira rodada para Matkowski Paes.

Histórico em Wimbledon

Nem Jamie nem Bruno conseguiram a glória máxima em Wimbledon. As melhores campanhas do mineiro foram nos anos de 2008, 2014 e 2015, quando alcançou as quartas de finais do torneio, mas foi derrubado logo em seguida. Soares acumula 14 vitórias e oito derrotas na história do torneio.

Murray esteve muito mais perto da conquista: com John Peers, ele alcançou a final de 2015, mas foi eventualmente derrotado pela dupla de Jean-Julien Rojer Horia Tecau, que acabaram liderando o ranking ao final do ano. Antes disso, o britânico jamais tinha sequer passado da terceira rodada do torneio.

FICHA TÉCNICA

Jamie Robert Murray
#1 do ranking mundial
30 anos de idade
82kg e 1.91m de altura
Natural de Dunblane, Escócia

Bruno Fraga Soares
#9 do ranking mundial
34 anos de idade
77kg e 1.80m de altura
Natural de Belo Horizonte, Brasil