Com lesão no joelho, Victoria Azarenka se retira de Wimbledon 2016

Dores acompanhavam a atleta desde Roland Garros

Com lesão no joelho, Victoria Azarenka se retira de Wimbledon 2016
Victoria Azarenka se retira de Wimbledon 2016 por conta de lesão no joelho/ Foto: Dennis Grombkowski/ Getty Images

Nesta quinta-feira (23), a desistência da bielorrussa Victoria Azarenka foi anunciada pela organização de Wimbledon. A tenista alega que não se recuperou da lesão sofrida em Roland Garros, no mês passado.

No próximo dia 27 de junho tem início o terceiro e mais tradicional Grand Slam da temporada, Wimbledon. Disputado no The All England Lawn Tennis Club, em Londres, o torneio celebra sua 130ª edição neste ano de 2016. Ex-número um do mundo, Azarenka era uma das favoritas ao título.

Nascida em 31 de julho de 1989, em Minsk, Bielorrússia, Victoria Azarenka é, sem dúvidas, uma das maiores atletas do país na atualidade. A tenista tem dois títulos de Major no currículo: foi bicampeã do Australian Open entre 2012 e 2013. No entanto, no Grand Slam de Wimbledon, a bielorrussa nunca passou das semifinais.

Somente nesta temporada, Vika venceu três torneios: o WTA International de Brisbane em janeiro e, mais recentemente, os WTA Premier de Indian Wells e Miami, de forma consecutiva. Porém, a bielorrussa teve de se retirar na primeira rodada de Roland Garros por conta de uma lesão no joelho. 

Sua melhor campanha foi a semifinal nos anos de 2011 e 2012. Na primeira ocasião,como cabeça de chave número quarto do torneio, Azarenka teve atuações muito boas na grama. Na estreia, derrotou com facilidade a russa Magdalena Ribarikova. Na sequência, precisou de três sets contra a tcheca Iveta Benesova. Na terceira rodada, bateu com facilidade a eslovaca Daniela Hantuchova - 25ª cabeça de chave do torneio - já nas oitavas, não teve dificuldades contra a russa Nadia Petrova.

Nas quartas de final, atropelou a austríaca Tamira Pazsek. Porém, foi derrotada pela tcheca Petra Kvitova, que naquele ano conquistou seu primeiro título em Londres. Já no ano seguinte, a número dois do mundo chegou às semifinais sem sequer deixar um set em quadra. Entretanto, perdeu para a norte americana Serena Williams por dois sets a zero, com parciais de 6/3 e 7/6.

A melhor cobertura da 130ª edição do terceiro e mais tradicional Grand Slam do ano, Wimbledon, você acompanha na VAVEL Brasil.