Wimbledon 2016: Milos Raonic se junta aos favoritos na corrida pelo título

O canadense vem de ótimo desempenho na temporada e seu vice-campeonato em Queen's pode ter antecipado o que se verá em Wimbledon

Wimbledon 2016: Milos Raonic se junta aos favoritos na corrida
pelo título
Raonic, campeão em Brisbane neste ano (Foto: MattRoberts/GettyImages)

Nessa próxima segunda-feira (27), começará Wimbledon  - terceiro Grand Slam do ano - a ser disputado na tradicionalíssima grama sagrada de Londres. Milos Raonic, atual número sete do ranking masculino, está confirmado no torneio e virá em busca de seu primeiro título de Grand Slam. Raonic vem de ótimos resultados na temporada, incluindo uma semifinal no Australian Open, e pode ser considerado um dos favoritos a conquista do título.

Nascido em Montenegro, Raonic se naturalizou canadense. Tem 25 anos e se tornou profissional em 2008. Atual sétimo melhor tenista do mundo, Milos já chegou à quarta posição no ranking da ATP no ano passado. Tem 238 vitórias em toda a sua carreira no circuito, contra 111 derrotas. Possui 8 títulos em competições de nível ATP.

Raonic busca seu primeiro título de Grand Slam, seu retrospecto nos quatro maiores torneios do tênis conta com 51 vitórias e 21 derrotas. Tem como melhores resultados duas semifinais, uma em Wimbledon no ano de 2014 e uma no Australian Open deste ano.

Em Wimbledon, o canadense soma 10 vitórias e 5 derrotas. Vice-campeão em Queen's no último fim de semana, ele buscará igualar e até superar seu resultado de 2014. No ano passado, ele chegou à terceira rodada, sendo eliminado por Nick Kyrgios (#18).

Em 2016, Raonic disputou 9 torneios, são 31 vitórias e apenas oito derrotas. Venceu seu primeiro torneio do ano em Brisbane desbancando Roger Federer (#3) na decisão em sua preparação para o Australian Open, onde ele se lesionou e perdeu na semifinal. Ficou parado por cerca de um mês e já retornou ao circuito encaixando uma final no Masters 1000 de Indian Wells, sendo derrotado por Novak Djokovic (#1). Na semana seguinte, chegou às quartas de final em Miami repetindo este mesmo resultado em dois outros Masters, no de Monte Carlo e no de Madri, ambos disputados no saibro, piso que o canadense tem dificuldade. Em Roma e Roland Garros foi eliminado antes das fases finais.

Em sua preparação para Wimbledon, Milos jogou Queen's alcançando a final do torneio, mas perdendo para o britânico Andy Murray (#2).

Raonic começará sua corrida pelo título de Wimbledon contra o espanhol Pablo Carreno Busta (#45).