Agnieszka Radwanska tem estreia fácil contra Kateryna Kozlova e avança em Wimbledon

Polonesa venceu ucraniana por dois sets a zero em apenas uma hora de jogo

Agnieszka Radwanska tem estreia fácil contra Kateryna Kozlova e avança em Wimbledon
(Foto: Julian Finney/GettyImages)
Agnieszka Radwanska
2 0
Kateryna Kozlova

Após ter sua partida adiada por conta da chuva, a polonesa Agnieszka Radwanska (#3) pôde finalmente estrear em Wimbledon, nesta quarta-feira (29). A terceira melhor tenista do mundo teve pela frente na primeira rodada a jovem ucraniana Kateryna Kozlova (#97) e a venceu por dois sets a zero, parciais de 6-2/6-1, em uma hora de partida. Com apenas 22 anos, Kozlova mostrou ter confiança em seus golpes, porém, nos pontos importantes, a experiência de Radwanska jogou junto e a polonesa soube aproveitar melhor suas chances não cometendo tantos erros.

Desde o início, Kozlova mostrou o bom desempenho que vem tendo durante toda a temporada (ela alcançou a terceira rodada em Roland Garros e chegou a outras cinco quartas de finais em torneios de nível WTA apenas neste ano). Com boas jogadas, ela já alcançou um break point a seu favor logo no primeiro game de jogo. Sem concretizá-lo, a ucraniana sofreu com a pressão de Radwanska em seguida e acabou perdendo seu saque na segunda tentativa da polonesa. Aga chegou a consumar quatro games seguidos a seu favor, abrindo 4-0 no placar com mais uma quebra de serviço. Kateryna conseguiu devolver uma delas, mas perdeu novamente o saque com Agnieszka vindo para cima no 5-2 para fechar o primeiro set.

Kozlova abriu a segunda parcial com mais um break para si, mas também não obteve sucesso. Ao contrário de sua oponente, Radwanska não desperdiçou suas chances e, com mais duas quebras, se viu com uma vantagem de 5-1 e saque, tendo apenas o trabalho de concluir a partida. Kateryna ainda lutou salvando dois match points, contudo, a polonesa garantiu sua classificação no terceiro.

Nos números da partida, Radwanska ganhou cinco dos seis break points que teve, disparou 14 winners e cometeu o mesmo número de erros não-forçados. Já Kozlova, aproveitou uma das três possibilidades de quebra a seu favor, também acertou 14 bolas vencedoras, porém, desperdiçou 24 bolas com erros não-forçados. Apesar de não ter se mostrado decisiva em momentos importantes, a ucraniana mostrou que pode causar "estragos" no circuito nesta temporada.

Agnieszka Radwanska agora espera sua adversária da segunda rodada de Wimbledon que sairá do confronto entre a italiana Karin Knapp (#90) e a croata Ana Konjuh (#103), partida também interrompida pela chuva.