Ao lado de Ivan Dodig, Marcelo Melo bate Lipsky/ Gonzalez e avança em Wimbledon

Dupla brasileira-croata está na terceira rodada do torneio inglês

Ao lado de Ivan Dodig, Marcelo Melo bate Lipsky/ Gonzalez e avança em Wimbledon
Foto: Getty Images
Melo/ Dodig
2 0
Lipsky/ Gonzalez

Neste sábado (02), o tenista brasileiro Marcelo Melo, jogando ao lado do croata Ivan Dodig, venceu a dupla formada pelo norte americano Scott Lipsky e o mexicano Santiago Gonzalez por dois sets a zero, com parciais de 6/2 e 6/3, em apenas 53 minutos de jogo. Com a vitória, a parceria brasileira-croata avançou à terceira rodada do terceiro e mais tradicional Grand Slam do ano, Wimbledon.

Os adversários de Melo e Dodig na próxima rodada serão os vencedores da partida entre a dupla formada pelo sul africano Raven Klaasen e o norte americano Rajeev Ram, que enfrentam o russo Konstantin Kravchuk e o ucraniano Denys Molchanov.

A parceira brasileira-croata foi superior durante toda a partida. Nas estatísticas, eles ganharam 84% dos pontos disputados em seu primeiro serviço e nove dos 15 com seu segundo. Em comparação, Lipsky e Gonzalez venceram apenas 62% dos pontos com seu primeiro saque e somente cinco dos 14 com seu segundo. Melo e Dodig tiveram seu saque ameaçador em duas ocasiões, mas foram capazes de salvar os break points, enquanto isso, quebraram três vezes o serviço dos adversários. 

Campeões de Roland Garros em 2015, Marcelo Melo e Ivan Dodig tiveram como melhor campanha em Wimbledon a final em 2013, quando depois de vitórias espetaculares, acabaram derrotados pelos irmãos gêmeos norte americanos Bob e Mike Bryan por três sets a um, com parciais de 3/6 6/3 6/4 e 6/4.

Também na chave de duplas, o brasleiro Bruno Soares, jogando ao lado do escocês Jamie Murray, venceu a dupla formada pelos britânicos Colin Fleming e Jonathan Erlich por dois sets a um, com parciais de 6/2 6/7 e 6/3, em uma hora e 58 minutos de jogo. 

A melhor cobertura da 130ª edição do terceiro e mais tradicional Grand Slam do ano, Wimbledon, você acompanha na VAVEL Brasil.