Copa Davis: Rogerinho perde na estreia, mas Bellucci empata confronto diante do Equador

Rogério Dutra Silva perdeu o primeiro jogo para Emilio Gomez por três sets a um, porém na sequência Thomaz Bellucci entrou em quadra diante de Roberto Quiroz para conquistar a vitória e empatar o confronto

Copa Davis: Rogerinho perde na estreia, mas Bellucci empata confronto diante do Equador
Copa Davis: Rogerinho perde na estreia, mas Bellucci empata confronto diante do Equador/ Foto: Eduardo Valente/ Getty Images

Nesta sexat-feira (15), ocorreram os primeiros dois jogos válidos pela semifinal do Grupo Zonal da Copa Davis. No confronto entre Brasil e Equador - que ocorre no Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte - foram disputados as partidas de simples. Na primeira delas, Rogério Dutra Silva perdeu para Emilio Gomez por três sets a um, com parciais de 4/6 7/5 6/0 e 6/4, em duas horas e 41 minutos. Na sequência, Thomaz Bellucci venceu Roberto Quiroz em quatro sets para empatar o confronto.

Rogerinho começa bem, mas leva a virada

No primeiro jogo, o número dois do Brasil - Rogério Dutra Silva de 32 anos e 90º colocado no ranking da ATP - enfrentou o melhor jogador equatoriano, Emilio Gomez. Em boa fase, o brasileiro começou o jogo melhor que o adversário, confirmando seus games de saque com facilidade, Rogerinho conseguiu a quebra crucial para levar o primeiro set por 6/4.

Mantendo o alto nível, o tenista do Brasil quebrou o saque do adversário pela segunda vez, abrindo 4/2. Porém, logo na sequência, Gomez se recuperou empatando o set depois de confirmar seu serviço. No 11º game, quando Dutra Silva sacava em 5/5, o equatoriano conquistou um novo break para fechar em 7/5 e empatar a partida.

Confiante, o tenista do Equador com excelentes primeiros serviços e dominante com o forehand, fez seis games consecutivos para aplicar um "pneu" no brasileiro e fazer dois sets a um. O quarto set começou mais equilibrado. No entando, Gomez conquistou mais uma quebra para fechar o jogo em 6/4 e abrir um a zero para os equatorianos no confronto.

Bellucci perde um set, mas confirma favoritismo

Com a derrota de Rogerinho, a responsabilidade ficou para o número um do Brasil, Thomaz Bellucci. Na segunda partida, ele enfrentaria o sobrinho de Andrés Gomez, Roberto Quiroz - 434º do mundo. Logo no início, o equatoriano surpreendeu, quebrando o saque de Bellucci e fazendo 2/0. Porém, o brasileiro se recuperou e devolveu o break, empatando em 5/5. No game seguinte, com boas devoluções, fez prevalecer seu favoritismo para fechar em 7/5.

Na segunda parcial, Quiroz elevou seu nível de jogo, enquanto Bellucci seguia confirmando seus games de serviços com tranquilidade. Desse modo, a decisão foi para o tiebreak. Com a vantagem desde o primeiro ponto, Thomaz fechou em 7/3. Na sequência, o tenista do Equador começou muito bem. Quebrando o adversário, fez 3/0. Mantendo a vantagem, fechou o set em 6/3.

O quarto e decisivo set teve início equilibrado, com uma quebra para cada lado. Mais consistente, o brasileiro conseguiu se recuperar e, logo no game seguinte, quebrou o equatoriano novamente. Com a vantagem, fechou o jogo em 6/3, para empatar o confronto.

O vencedor do confronto entre Brasil e Equador garante sua vaga nos play-offs, em que decidirá com aqueles eliminados na primeira rodada do grupo mundial neste ano quem será rebaixado e quem será promovido à elite da Copa Davis em 2017.