Martin Klizan supera Pablo Cuevas e é campeão do ATP 500 de Hamburgo

Eslovaco bate tenista do Uruguai por dois sets a zero e conquista segundo título da carreira

Martin Klizan supera Pablo Cuevas e é campeão do ATP 500 de Hamburgo
Klizan celebra título em Hamburgo/ Foto: ATP/ Divulgação
Martin Klizan
2 0
Pablo Cuevas

Neste domingo (17), o tenista eslovaco Martin Klizan venceu Pablo Cuevas do Uruguai por dois sets a zero, com parciais de 6/1 e 6/4, em apenas 59 minutos de jogo. Com a vitória, o tenista da Eslováquia se consagrou campeão do ATP 500 de Hamburgo, na Alemanha.

Este foi o segundo título e a quinta final na carreira do eslovaco, que no começo do ano foi campeão do ATP 500 de Rotterdã, na Holanda, ao derrotar o francês Gael Monfils na decisão por dois sets a um, com parciais de 6/7 6/3 e 6/1. Com os pontos conquistados, Klizan, que iniciou a semana na 47ª posição do ranking da ATP, ganhou 19 colocações e será o 28º do mundo na semana que vem, apenas três atrás de seu melhor ranking conquistado em 2015.

Nas semifinais, Martin Klizan, ganhou do veterano francês Stephane Robert em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/4, em apenas uma hora e 22 minutos em quadra. Já Cuevas venceu na semifinal o jovem argentino Renzo Olivo por dois sets a zero, com parciais de 7/5 e 6/3, em uma hora e 40 minutos de jogo.

Esta foi a quarta final apenas nesta temporada, na qual levantou o troféu do Rio e do Brasil Open, além de ter sido finalista em Nottingham, na Inglaterra.

No confronto direto, este foi o segundo encontro entre os dois válido pelo circuito profissional da ATP. Em 2014, Cuevas levou a melhor na final do ATP Challenger de Baranquilla, na Colômbia, ao vencer em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/1.

O ATP 500 de Hamburgo, na Alemanha, ocorre entre os dias 11 e 17 de julho. Entre os principais favoritos ao título estão o alemão Philipp Kohlschreiber, o francês Benoit Paire, o uruguaio Pablo Cuevas, o alemão Alexander Zverev, o francês Jeremy Chardy, o espanhol Nicolas Almagro, o eslovaco Martin Klizan e o espanhol Guillermo Garcia Lopez.