Bellucci desperdiça match points e perde de virada para Dustin Brown em Gstaad

Alemão venceu por dois sets a um após 1h30 de partida na Center Court do torneio suíço

Bellucci desperdiça match points e perde de virada para Dustin Brown em Gstaad
Brown provou-se de sua elasticidade em alguns pontos contra Bellucci. (Foto: ATP/Divulgação)
Thomaz Bellucci
1 2
Dustin Brown

Na manhã desta quinta-feira (21), o brasileiro Thomaz Bellucci (#49) sofreu revés diante do alemão Dustin Brown (#99) no ATP 250 de Gstaad, na Suíça. Com o placar de 2/6, 7/6 (4) e 6/1, o natural de Celle garantiu passagem às quartas de finais do torneio, enquanto o paulista de Tietê já garante perda de 90 pontos, pois defendia a semifinal do ano passado. 

Esse foi o segundo embate entre os tenistas na história. Curiosamente, o primeiro confronto foi na terceira rodada das qualificatórias deste mesmo torneio, em 2009, quando o brasileiro venceu por 6/4, 3/1 e retirada do adversário.

O primeiro set da partida teve Bellucci confiante, jogando em seu mais alto nível. Preciso, o paulista perdeu apenas três pontos com o primeiro serviço, e dominou Dustin do início ao fim da parcial. Mesmo sendo quebrado, ele quebrou o alemão em outras três oportunidades, fechando por 6/2.

Na sequência, Thomaz chegou a quebrar o saque de Brown e ter dois match points no segundo set, mas viu o alemão crescer e retomar o empate na partida. A parcial foi para o tiebreak, onde Dustin subiu a rede para matar rapidamente os pontos. Mesmo com seis aces e ganhando cinco pontos a mais que o adversário, Bellucci viu o set escapar por 7/6 (4).

A partir daí, Brown começou a dominar a partida. Perdendo apenas quatro pontos de serviço em todo o set final, o destro de 31 anos quebrou o saque de Thomaz em duas oportunidades, e permitiu ao brasileiro apenas sete pontos de saque. No final, Dustin teve mais fôlego, e venceu por incríveis 6/1.

Dustin Brown avança agora para as quartas de finais do ATP 250 de Gstaad, onde irá enfrentar o experiente russo Mikhail Youzhny (#66). Os dois tenistas nunca se enfrentaram na história do circuito mundial.