Bellucci avança com desistência de adversário em Challenger italiano; Feijão tem jogo interrompido

Número um do Brasil ficou apenas apenas 14 minutos em quadra, já João Souza teve sua partida paralisada no terceiro set

Bellucci avança com desistência de adversário em Challenger italiano; Feijão tem jogo interrompido
Bellucci avança com desistência de adversário em Challenger italiano; Feijão tem jogo interrompido/ Foto: ATP/ Divulgação

Nesta terça-feira (26), o número um do Brasil, Thomaz Bellucci, venceu Salvatore Caruso da Itália por conta da desistência do tenista da casa, quando o brasileiro liderava por três games a dois, ainda no primeiro set, e apenas 14 minutos haviam sido jogados. Com a vitória, Bellucci avançou à segunda rodada do ATP Challenger de Biella, na Itália.

O adversário de Thomaz na próxima rodada será o bósnio Tomislav Brkic de 26 anos e atual 366º colocado no ranking da ATP. Brkic vem do qualifying e vem de vitória sobre o jovem italiano Gianluigi Quinzi por dois sets a um, com parciais de 6/3 2/6 e 6/1, em uma hora e 57 minutos de jogo.

Outro brasileiro em quadra foi João Souza - o "Feijão" - que enfrentava o italiano Gianluca Mager - número 315 no ranking mundial, aos 21 anos. A partida foi interrompida no início do terceiro set, quando encontrava-se empatada por um set a um, com parciais de 7/5 e 6/7. 

O vencedor do confronto entre Feijão e Mager terá pela frente o cabeça de chave número um do torneio, Paolo Lorenzi da Itália, que derrotou na estreia o compatriota Filippo Volandri em três sets, com parciais de 6/0 3/6 e 6/1. Lorenzi recentemente conquistou o primeiro título da carreira, o ATP 250 de Kitzbuhel, na Áustria. Na decisão, ele ganhou de Nikoloz Basilashvili da Geórgia por dois sets a zero, com parciais de 6/3 e 6/4, em uma hora e 23 minutos de jogo.

O ATP Challenger de Biella, na Itália, ocorre entre os dias 25 e 31 de julho. O torneio distribui 110 pontos no ranking da ATP, além de cerca de 12 mil dólares de premiação para o campeão. Entre os favoritos ao título estão o italiano Paolo Lorenzi, o brasileiro Thomaz Bellucci, o sérvio Dusan Lajovic, o argentino Carlos Berlocq, o russo Karen Khachanov, o eslovaco Andrej Martin, o argentino Marco Trungelliti e o alemão Daniel Brands.