Masters 1000 de Toronto: Marcelo Melo e Bruno Soares avançam para as semifinais

Marcelo Melo, ao lado de Ivan Dodig, bateu a dupla Kontinen/ Peers, já Murray e Soares ganharam de Ram/ Klaasen

Masters 1000 de Toronto: Marcelo Melo e Bruno Soares avançam para as semifinais
Masters 1000 de Toronto: Marcelo Melo e Bruno Soares avançam para as semifinais/ Foto: Foto: Cristiano Andujar/CBT

Nesta sexta-feira (29), ocorreram os jogos válidos pela fase quartas de final do Masters 1000 de Toronto, no Canadá. Ex-número um do mundo, o brasileiro Marcelo Melo, jogando ao lado do croata Ivan Dodig, venceu Kontinen e Peers e avançou à semifinal, assim como Bruno Soares e Jamie Murray.

O brasileiro Marcelo Melo, jogando ao lado do croata Ivan Dodig, venceu a dupla formada pelo finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers por dois sets a um, com parciais e 3/6 6/4 e 10/8, em uma hora e 15 minutos. Com a vitória, a parceria brasileira-croata está na semifinal, na qual enfrentará os romenos Horia Tecau Florin Mergea, que derrotaram os irmãos gêmeos norte americanos Bob e Mike Bryan

Parceiro de Marcelo na Olimpíada Rio 2016, Bruno Soares, jogando com o escocês Jamie Murray, ganhou da dupla composta pelo norte americano Rajeev Ram e o sul africano Raven Klaasen em três sets, com parciais de 3/6 7/5 e 10/4, em uma hora e 17 minutos. Na próxima fase, eles encaram os canadenses Vasek Pospisil e Daniel Nestor que venceram os tchecos Tomas Berdych e Radek Stepanek por dois sets a zero, com parciais de 6/3 e 7/6.

Na chave de simples, Novak Djokovic da Sérvia, assim como o francês Gael Monfils, o japonês Kei Nishikori e o suíço Stan Wawrinka venceram seus jogos e se classificaram para as semifinais da competição.

LEIA MAIS: Masters 1000 de Toronto: Monfils elimina Raonic e desafia Djokovic; Wawrinka enfrenta Nishikori

O Masters 1000 de Toronto, no Canadá, ocorre entre os dias 25 e 31 de julho. O torneio distribui 1000 pontos ao campeão, além de cerca de 800 mil dólares de premiação. Entre os principais favoritos ao título estão o sérvio Novak Djokovic, o suíço Stan Wawrinka, o japonês Kei Nishikori, o canadense Milos Raonic, o tcheco Tomas Berdych, o austríaco Dominic Thiem, o belga David Goffin, o croata Marin Cilic, o norte americano John Isner, o francês Gael Monfils, o australiano Bernard Tomic, o francês Lucas Pouille, Benoit Paire da França, o norte americano Steve Johnson e Jack Sock dos Estados Unidos.