Sorteio favorece brasileiros e coloca Djokovic frente a frente com Del Potro; confira as chaves

Chaveamentos de simples e duplas foram sorteados na manhã desta quinta-feira

Sorteio favorece brasileiros e coloca Djokovic frente a frente com Del Potro; confira as chaves
(Foto: Alex Ferro)

Na manhã desta quinta-feira (4), os chaveamentos de tênis dos Jogos Olímpicos Rio 2016 foram finalmente definidos, em um sorteio que de certa maneira favoreceu e facilitou o caminho dos brasileiros, tanto na chave masculina quanto na feminina, incluindo simples e duplas.

Chave de simples masculina

O sorteio mais esperado do dia era da chave de simples masculina. Surpreendentemente, Novak Djokovic, o número um do mundo, foi colocado frente a frente com o argentino Juan Martín Del Potro, em um confronto que irá trazer muitas emoções para o torcedor carioca.

Também sem grandes desafios, os campeões olímpicos Andy Murray Rafael Nadal podem ficar contentes com o sorteio. Enquanto o britânico enfrentará Viktor Troicki, o "rei do saibro" terá pelo caminho o argentino Federico Delbonis

Para o Brasil, a chave é favorável. Dentre os possíveis adversários, o torcedor pode ficar satisfeito: Bellucci enfrentará o alemão Dustin Brown, #86 do mundo, e Rogério Dutra Silva irá jogar contra o italiano Thomas Fabbiano (#113). No mais, os adversários são teoricamente mais fáceis do que os demais. 

Confira a chave completa:

Chave de duplas masculinas

Também muito aguardada pelo torcedor brasileiro era a chave de duplas masculinas, onde o Brasil tem mais chances de conseguir medalhas, devido à ausência dos irmãos Bob e Mike Bryan. A dupla número um do mundo, Herbert e Mahut (FRA), terão logo na estreia uma partida difícil contra os colombianos Cabal e Farah (COL), carrascos dos brasileiros por muitas vezes no circuito.

A dupla número dois do Brasil terá uma difícil missão pela frente. Thomaz Bellucci André Sá terão de encarar na primeira partida os irmãos britânicos Andy Jamie Murray, que carregaram a Grã-Bretanha no recente título da Copa Davis em 2015.

Já os brasileiros Marcelo Melo Bruno Soares tiveram mais sorte no sorteio: a dupla, que é terceira cabeça de chave do torneio, enfrentará os irmãos tailandeses Sanchai e Sonchat Ratiwatana, que foram convidados da ITF para o torneio. Em caso de vitória, os rapazes irão aguardar pela definição do próximo jogo, podendo enfrentar a Croácia de Cilic ou a Sérvia de Djokovic.

Confira a chave completa: 

Chave de simples feminina

Das damas presentes no parque olímpico, nenhuma está mais confiante do que Serena Williams. Apesar de já ter um ouro olímpico, a americana vai com força total em busca de seu segundo triunfo. A estreia será contra a australiana Daria Gavrilova, a qual só enfrentou uma vez na história e venceu por 6/2 e 6/1, em Doha.

Já a segunda colocada do ranking mundial, Angelique Kerber, terá pela frente a colombiana Mariana Duque-Mariño na primeira rodada, em um confronto que pode ser considerado fácil para a alemã. Porém, a segunda rodada será garantia de um grande jogo, já que ela poderá encarar Sloane Stephens ou até mesmo a canadense Eugenie Bouchard.

A pernambucana Teliana Pereira poderia ter tido uma chave mais fácil, mas mesmo assim não se pode reclamar muito. A adversária da primeira rodada será a francesa Caroline Garcia, 32° do ranking mundial da WTA. Elas nunca se enfrentaram na história do circuito. Caso avance, a brasileira pode ter pela frente a jovem britânica Johanna Konta.

Chave de duplas femininas

Quem lidera o quadro de duplas femininas são as irmãs Serena e Venus Williams, medalhistas de ouro em três oportunidades diferentes (2000, 2008 e 2012). Na estreia, elas enfrentarão Lucie Safarova e Barbara Strycova, da República Tcheca. Na sequência, elas podem confrontar a dupla canadense de Bouchard e Dabrowski.

Um dos confrontos mais interessantes da primeira rodada será entre as multicampeãs Sara Errani e Roberta Vinci, da Itália, contra as alemãs Angelique Kerber e Andrea Petkovic. As segundas cabeças de chave, Garcia e Mladenovic, enfrentarão Doi e Hozumi, do Japão.

Já a dupla brasileira de Paula Gonçalves e Teliana Pereira vai encarar uma pedreira logo na primeira rodada, contra as espanholas Carla Suárez Navarro e a simplista Garbiñe Muguruza, campeã de Roland Garros neste ano. Em caso de vitória, elas encararam a dupla vencedora de um confronto entre Taiwan e Cazaquistão.

Chave de duplas mistas

A chave de duplas mistas da Olimpíada Rio 2016 será sorteada dentro de cinco dias.