Brasil fecha "dia perfeito" no tênis com vitória histórica de Sá e Bellucci contra Andy e Jamie Murray

Brasileiros venceram as quatro partidas do dia e foram motivo de alegrias no Parque Olímpico

Brasil fecha "dia perfeito" no tênis com vitória histórica de Sá e Bellucci contra Andy e Jamie Murray
Bellucci e André Sá comemoraram muito a vitória histórica. (Foto: Getty Images)

Histórico. Assim podemos definir o dia 7 de Agosto de 2016 na memória do tênis brasileiro. Com vitórias de Thomaz Bellucci (simples e duplas), Rogério Dutra SilvaMarcelo Melo e Bruno Soares e André Sá (novamente com Bellucci), o país fez algo que todos julgavam impossível e surpreendeu o público mundial.

Brown domina Bellucci, mas se lesiona e desiste

Como acompanhamos ao vivo na manhã de hoje, o paulista Thomaz Bellucci passou por um grande sufoco na Quadra Maria Esther Bueno. Após perder o primeiro set para o alemão Dustin Brown, o brasileiro recuperou-se e até esteve em vantagem no segundo set, mas foi quebrado.

Mesmo assim, o natural de Tietê contou com uma infelicidade por parte do adversário, que caiu em quadra e se machucou gravemente, abandonando a partida. Com isso, vitória de Bellucci por 6/3 e 4/4 ret.

VEJA: Rogerinho vence Fabbiano e vai encarar Monfils na segunda rodada

Melo e Soares vencem tranquilamente contra tailandeses

Na tarde deste domingo, Marcelo Melo Bruno Soares entraram em quadra para enfrentar dois convidados da ITF, os irmãos Sanchai e Sonchat Ratiwatana. Jogando com muita competência e contando também com muitos erros dos adversários, os mineiros fecharam o primeiro set por 6/0.

Na segunda parcial, mais equilíbrio: com uma quebra de vantagem, os tailandeses chegaram a assustar com bons games de saque. Mas na hora decisiva, Bruno Soares apareceu com grandes golpes de forehand para complicar o jogo dos adversários. No tiebreak, vitória do Brasil, por 7-1.

Históricos, André Sá e Thomaz Bellucci derrotam irmaõs Murray para fechar o dia do tênis brasileiro

Com atenções divididas pelo jogo de Djokovic contra Del Potro na Quadra Central, a segunda dupla do Brasil entrou na Quadra 1 para tentar um feito histórico: derrotar os irmãos Andy e Jamie Murray, campeões invictos da Copa Davis e segunda melhor dupla da competição. 

O primeiro set foi equilibrado, e precisou de muita habilidade por parte de ambos os duplistas brasileiros. Inspirado, André Sá comandou e liderou a dupla ao sucesso no tiebreak, onde eles venceram por 7/6 (6).

A segunda parcial foi a mais espetacular de todos os jogos de dupla da competição até aqui. Já no segundo dia, o público pôde presenciar uma das melhores partidas de duplas dos últimos tempos. Com uma quebra de vantagem, Murray e Murray sacaram para abrir 4/2, mas não conseguiram. Assim, a parcial foi ao tiebreak.

A partir daí, a emoção tomou contra da Quadra 1. Abrindo 6-3, a dupla brasileira desperdiçou os três set points, e começou a ir para os pontos alternados, com muitos bons pontos. Após salvar três set points dos britânicos, Bellucci e Sá fecharam em 16/14, para alegria geral da torcida presente no Parque Olímpico. Hoje, os homens do tênis brasileiro foram 100% perfeitos.

CONFIRA OS PRÓXIMOS CONFRONTOS DOS BRASILEIROS: 

SEGUNDA-FEIRA (8)

ROGÉRIO DUTRA SILVA X GAEL MONFILS (não antes das 14h30)
BELLUCCI/SÁ X FOGNINI/SEPPI (não antes das 16h30)

MELO/SOARES X DJOKOVIC/ZIMONJIC (não antes das 18h)

TERÇA-FEIRA (9)

THOMAZ BELLUCCI X PABLO CUEVAS (sem horário definido)