Rogerinho luta, mas é superado por Cilic na estreia do US Open

Brasileiro perdeu para o campeão do US Open de 2014 em sets diretos

Rogerinho luta, mas é superado por Cilic na estreia do US Open
Rogerinho em ação/ Foto:  Jewel Samad / AFP
Rogério Dutra Silva
0 3
Marin Cilic

Nesta segunda-feira (29), ocorreu o primeiro dia de jogos válidos pelo último Grand Slam do ano, o US Open. Disputado nas quadras rápidas do USTA Billie Jean King National Tennis Center, localizado em Nova Iorque, Estados Unidos, o torneio celebra sua 136ª edição neste ano. Número três do Brasil no ranking da ATP, Rogério Dutra Silva, perdeu para o campeão de 2014, o croata Marin Cilic por três sets a zero, com parciais de 6/4 7/5 e 6/1, em uma hora e 58 minutos de jogo. Com a derrota, o brasileiro foi eliminado na estreia do torneio.

O adversário de Cilic na próxima rodada será o ucraniano Sergiy Stakhovsky, que ganhou do português Gastão Elias em cinco sets, com parciais de 6/1 3/6 2/6 6/3 e 7/6. 

Cilic foi superior ao adversário durante toda a partida. Nas estatísticas, o tenista da Croácia venceu 88% dos pontos com seu primeiro serviço e 54% com seu segundo. Além de ter quebrado o saque de Dutra Silva em seis ocasiões. Em comparação, o tenista do Brasil ficou com 68% dos pontos com seu primeiro saque e apenas 38% com seu segundo. O brasileiro levou dois break points no serviço do adversário.

O tenista da Croácia vinha de título do Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, depois de derrotar Andy Murray da Escócia por dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 7/5, em uma hora e 34 minutos de jogo. Este foi o 16º título na vida de Cilic, que tinha como maior conquista até então o US Open de 2014, quando derrotou o japonês Kei Nishikori na decisão por três sets a zero, por triplo 6/3. Anteriormente, o tenista de 27 anos nunca havia chegado a uma final de Masters 1000, mas já possuía três decisões em torneios ATP 500, sem nenhum troféu.

Entre os dias 29 de agosto e 11 de setembro, ocorre a 136ª edição do US Open - o quarto e último Grand Slam da temporada. A melhor cobertura do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.