Tênis em Cadeira de Rodas: tudo o que você precisa saber para os Jogos Paralímpicos Rio 2016

No dia nove de setembro tem início o torneio de tênis em cadeira de rodas dos Jogos Paralímpicos Rio 2016

Tênis em Cadeira de Rodas: tudo o que você precisa saber para os Jogos Paralímpicos Rio 2016
Foto: Julian Finney/Getty Images

Entre os dias sete e 18 de setembro de 2016 acontece a 15ª edição dos Jogos Paralímpicos. Neste ano, a competição mais importante do esporte mundial ocorre na Cidade Maravilhosa: o Rio de Janeiro. Considerado pelos tenistas um dos eventos mais importantes da temporada, o torneio será disputado nas quadras rápidas do Centro Olímpico de Tênis, na Barra da Tijuca.

Centro Olímpico de Tênis

Centro Olímpico de Tênis/ Foto: COB/ Divulgação
Centro Olímpico de Tênis/ Foto: COB/ Divulgação

Construído especialmente para a disputa dos Jogos, o Centro Olímpico de Tênis custou cerca de 190 milhões de reais e conta com 16 quadras - todas de cimento - dispostas em uma área de nove hectares. Com uma imponente Quadra Central de capacidade para 10 mil espectadores, além de outras duas periféricas para três e cinco mil lugares, o complexo foi ultizado para a disputa de Tênis em agosto e, será usado posteriormente, para o Futebol de 5 e o Tênis em Cadeira de Rodas nas Paralimpíadas.

Campeões em Londres 2012

Na última edição dos Jogos Paralímpicos, a competição foi realizada no Eton Manor Club, em Londres. Na chave de simples masculina, o japonês Shingo Kunieda se sagrou bicampeão paralímpico, ao vencer o francês Stéphane Houdet na decisão por dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 6/2. A medalha de bronze ficou com Ronald Vink da Holanda.

Na chave feminina, a ex-tenista holandesa Esther Vergeer confirmou o favoritismo, consolidando seu reinado: no total, a tenista aposentada em 2013 conquistou quatro ouros de simples em Paralimpíadas, além de 42 títulos de Grand Slam. A medalha de prata ficou com sua compatriota Aniek van Koot, outra holandesa, Jiske Griffioen terminou na terceira colocação.

Julian Finney/Getty Images
A melhor de todos os tempos, Esther Vergeer/ Foto: Julian Finney/Getty Images

Na modalidade Quad masculina, destinada a atletas tetraplégicos que utilizam cadeiras motorizadas, o israelense Noam Gershony foi o campeão ao vencer o norte americano David Wagner na final em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/1. Nicholas Taylor também dos Estados Unidos, ficou com o bronze.

Favoritos para a Rio 2016

Maior referência do esporte no Brasil, o gaúcho José Carlos Morais analisou: "É uma baita oportunidade de ver a evolução do tênis em cadeira de rodas. Os franceses chegam como favoritos mas temos que respeitar a forte equipe argentina e os japoneses. O Brasil pela primeira vez tem quatro jogadores entre os homens, duas tenistas e dois quadriplégicos, jogadores com problemas de membros superiores".

Stéphane Houdet da França em ação/ Foto: Getty Images
Stéphane Houdet da França em ação/ Foto: Getty Images

Nenhum dos campeões em 2012, estará presente na Rio 2016. Dessa forma, o atual número um do mundo o francês Stéphane Houdet - prata em Lodres - se torna o favorito na simples masculina. Na chave feminina individual, a holandesa Jiske Griffioen - líder do ranking mundial e bronze na inglaterra - busca o ouro. Já no Quad, o australiano Dyan Alcott é o favorito ao título.

 Jiske Griffioen da Holanda em ação no Australian Open/ Foto: Getty Images
Jiske Griffioen da Holanda em ação no Australian Open/ Foto: Getty Images

Maiores medalhistas olímpicos

Na história dos Jogos, o norte americano David Wagner é o maior medalhista com seis medalhas no total, sendo três delas de ouro. Já no feminino, a considerada melhor de todos os tempos, Esther Vergeer da Holanda possuí oito medalhas: sete de ouro e apenas uma de prata.

David Wagner dos Estados Unidos na Londres 2012/ Foto: Getty Images
David Wagner dos Estados Unidos na Londres 2012/ Foto: Getty Images

O torneio de tênis em cadeira de rodas dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 ocorre entre os dias nove e 16 de agosto. A melhor cobertura do tênis mundial você acompanha na VAVEL Brasil.