Tênis em Cadeira de Rodas: Rodrigues e Ymanitu avançam; Mayara cai nas duplas

No primeiro dia de jogos do torneio Paralímpico, principais brasileiros em ação confirmaram favoritismo

Tênis em Cadeira de Rodas: Rodrigues e Ymanitu avançam; Mayara cai nas duplas
Tênis em Cadeira de Rodas: Rodrigues e Ymanitu avançam; Mayara cai nas duplas/ Foto: Cleber Mendes/MPIX/CPB

Nesta sexta-feira (09), ocorreu o primeiro dia de jogos válidos pelo torneio Paralímpico de Tênis Rio 2016. Entre os dias sete e 18 de setembro de 2016 acontece a 15ª edição dos Jogos Paralímpicos. Neste ano, a competição mais importante do esporte mundial ocorre na Cidade Maravilhosa: o Rio de Janeiro. Considerado pelos tenistas um dos eventos mais importantes da temporada, o torneio será disputado nas quadras rápidas do Centro Olímpico de Tênis, na Barra da Tijuca.

LEIA MAIS: Tênis em Cadeira de Rodas: tudo o que você precisa saber para os Jogos Paralímpicos Rio 2016

Número um do Brasil e atual 18º colocado no ranking da ITF, Daniel Rodrigues de 29 anos, venceu o chileno Robinson Mendez - número 63 do mundo - por dois sets a zero, com parciais de 6/0 e 6/4, em uma hora e cinco minutos de partida. Com a vitória, o tenista brasileiro avançou à segunda rodada do torneio, na qual enfrenta o japonês Shingo Kunieda - sexto colocado no ranking da ITF - atual bicampeão olímpico.

Na última edição dos Jogos Paralímpicos, a competição foi realizada no Eton Manor Club, em Londres. Na chave de simples masculina, o japonês Shingo Kunieda se sagrou bicampeão paralímpico, ao vencer o francês Stéphane Houdet na decisão por dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 6/2. A medalha de bronze ficou com Ronald Vink da Holanda.

Rodrigues celebra a vitória/ Foto: Cleber Mendes/MPIX/CPB
Rodrigues celebra a vitória/ Foto: Cleber Mendes/MPIX/CPB

Principal esperança de medalha no Quad, Ymanitu Silva de 33 anos e atual número 14 do mundo, surpreendeu o britânico Jamie Burdekin - 10º colocado no ranking. Em três sets, o brasileiro ganhou com parciais de 6/2 2/6 e 6/1, em uma hora e 31 minutos em quadra. Desse modo, Ymanitu confirma vaga nas quartas de final, na qual encara o sul africano Lucas Sithole - terceiro cabeça de chave da competição.

"O período antes de uma partida é de concentração e me sinto fortalecido, pois sei que o trabalho desenvolvido até agora foi muito grande e me preparou para esse campeonato" declarou o tenista que estreia em Paraolimpídas e completou: "Trazer uma medalha é a realização de um sonho. E é muito importante que seja no Brasil. A torcida é um parceiro fundamental nessa batalha".

Principal dupla brasileira nas duplas femininas, as campeãs no Parapan de Toronto 2015, Rejane Candida e Natália Mayara, acabarm eliminadas na estreia pelas norte ameiracanas Dana Mathewson e Kaitlyn Verfuerth por dois sets a zero, com parciais de 6/2 e 6/4, em uma hora e 19 minutos. Natália - 24ª colocada no ranking mundial - entra em quadra pela chave de simples neste sábado diante da turca Un Busra. Já Rejane enfrenta a japonesa Yui Kamji.

Outros brasileiro em ação, Carlos Santos - número 27 do mundo - foi eliminado pelo espanhol Martin de la Puente na primeira rodada. Além dele, no QuadRodrigo Oliveira perdeu para o japonês Mitsuteru Moroishi. Rafael Medeiros, 36º colocado no ranking mundial, caiu diante do norte americano Steve Baldwin e Mauricio Pomme perdeu para o polonês Kamil Fabisiak.

O torneio de tênis em cadeira de rodas dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 ocorre entre os dias nove e 16 de agosto. A melhor cobertura do tênis mundial você acompanha na VAVEL Brasil.