Conheça Angelique Kerber, a nova número do um do mundo e campeã do US Open

Alemã vive o melhor ano de sua carreira em 2016, como número um do mundo e dois títulos de Grand Slam

Conheça Angelique Kerber, a nova número do um do mundo e campeã do US Open
Conheça Angelique Kerber, a nova número do um do mundo e campeã do US Open/ Foto: TIMOTHY A. CLARY/Getty Images

Neste sábado (10), a tenista alemã Angelique Kerber se consagrou campeã do quarto e último Grand Slam da temporada, o US Open, ao bater na decisão a tcheca Karolina Pliskova por dois sets a um, com parciais de 6/3 4/6 e 6/4, em duas horas e sete minutos de jogo.

Além de seu segundo título de Major na carreira - seu primeiro nos Estados Unidos, a alemã quebrou mais um recorde nesta segunda-feira (12), quando apareceu pela primeira vez na carreira no posto mais alto do ranking da WTA, por conta da derrota da ex-número um do mundo, Serena Williams nas semifinais para a mesma Pliskova. 

Neste especial preparado pela VAVEL Brasil, conheça a tenista que tirou o trono de Serena depois de quatro anos consecutivos e relembre a trajetória da alemã Angelique Kerber neste ano de 2016.

Nascida na cidade de Bremen, em 18 janeiro de 1988, "Angie" - como é conhecida por seus fãs - começou teve seu primeiro contato com a raquete aos três anos de idade. Filha de pai polonês, a alemã reside atualmente na pequena cidade de Pucszczykowo, onde possui uma academia com seu nome. 

Angelique fala polonês, alemão e inglês. Por conta de sua família, possuí dupla cidadania, porém se considera totalmente germânica: "Sou alemã, jogo pela Alemanha, nasci na Alemanha e meu coração bate para a Alemanha" afirma.

Neste ano, ela obteve seus melhores resultados. Em janeiro, surpreendeu ao levantar seu primeiro título de Grand Slam: o Australian Open, depois de superar a norte americana Serena Williams pela primeira vez na carreira por dois sets a um, com parciais de 6/4 3/6 e 6/4. 

Após ser eliminada na primeira rodada de Roland Garros, a tenista da Alemanha fez sólida campanha em  Wimbledon um mês depois, quando chegou à final pela primeira vez. Porém acabou derrotada por Serena em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/3.

Na sequência, vieram os Jogos Olímpicos Rio 2016. Em grande fase, Kerber não teve de enfrentar Serena, visto que a norte americana foi eliminada precocemente pela ucraniana Elina Svitolina. Entretanto, por conta do desgaste físico de uma longa sequência de jogos, a alemã acabou sendo superada na final pela surpresa de Porto Rico, Monica Puig, por dois sets a um, com parciais de 4/6 6/4 e 6/1.

E no último Major da temporada, veio seu segundo título de Grand Slam na carreira, ao vencer Pliskova na decisão. 

LEIA MAIS: Angelique Kerber vence Karolina Pliskova e fatura o título do US Open