Djokovic terá de remover unhas do pé devido a lesão

Tenista disse após a final do US Open que suas unhas estavam fora do lugar e sangrando

Djokovic terá de remover unhas do pé devido a lesão
Novak Djokovic precisará arrancar unhas dos pés (foto: GettyImages)

Na grande final do US Open 2016, o campeão Stan Wawrinka esgotou todos os recursos físicos do número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic, vencendo a partida em 3h55 com parciais 6-7, 6-4, 7-5 e 6-3. Mas além do título do suíço, outra coisa chamou a atenção do público, que estava incomodado com o tempo médico solicitado por Djokovic para tratar de uma dor incômoda no pé quando Wawrinka estava a 3 games de conquistar o troféu em Flushing Meadows.

O sérvio parecia estar passando dos limites. Não foi a primeira vez que Djokovic extrapolou o tempo médico em um momento favorável para o adversário, mas, desta vez, o sérvio realmente estava sofrendo. As unhas dos pé direito saíram do lugar e estavam sangrando: "As unhas dos pés estavam fora do lugar e sangrando, por isso foi muito doloroso me movimentar, mas eu tentei", disse na coletiva de imprensa após o jogo. 

Marian Vajda, um dos técnicos de Djokovic, disse algo parecido. "Ele vai precisar arrancar as unhas, é terrível", disse ao jornalista Ben Rothenberg do New York Times.  

Depois de perder o segundo set, o sérvio parecia cada vez mais ansioso e conversava muito com sua equipe no box.

No quarto set, Djokovic às vezes mancava, às vezes não. Solicitou tempo médico para o juiz de cadeira e recebeu tratamento nos pés pelo fisioterapeuta. Quando ultrapassou o tempo limite, Wawrinka já estava furioso e o público começou a puxar algumas vaias. O sérvio reconheceu que estava extrapolando e estendeu a mão para Wawrinka, pedindo desculpas. 

Stan pareceu aceitar o pedido de desculpas e comentou na sala de imprensa "se o adversário está lutando e você vê que ele está sangrando, você tem que parar". Precisando ou não arrancar as unhas que saíram do lugar, a situação parece ser extremamente dolorosa.