Lipovsek Puches elimina João "Feijão" Souza na segunda rodada em Campinas

Argentino derrota brasileiro em três sets na quadra central do torneio

Lipovsek Puches elimina João "Feijão" Souza na segunda rodada em Campinas
O forehand de Puches foi essencial para a vitória (Foto: TZ)

Deu zebra! Na tarde desta quinta-feira (6), o brasileiro João "Feijão" Souza foi eliminado no Challenger de Campinas. Logo na segunda rodada, o paulista teve pela frente o argentino Tomas Lipovsek Puches, ranqueado em 309 do mundo, que venceu por 6/1, 4/6 e 6/3 após 1h42 de partida.

Históricamente, esse foi o primeiro confronto entre os dois tenistas.

O jogo já começou com Feijão muito desatento, errando bolas fáceis e descuidando-se nos break points. Em apenas alguns minutos, o brasileiro já perdia por grande margem, e não mostrava sinais de motivação ou de que iria, de alguma maneira, reagir.

Perdendo apenas três pontos em seu saque, Tomas seguiu firme na partida e viu Souza jogar games bizarros, onde tentava bater forte na bola e não obtinha resultado. Com apenas 33% de primeiro serviço em quadra e sem break points, João viu o set escapar por 6/1.

Na segunda parcial, o brasileiro acordou. Salvando dois pontos de quebra do argentino, Feijão conseguiu deslanchar no jogo, acertando cinco aces e devolvendo melhor o serviço do adversário. Na sua única chance de quebra, Souza aproveitou e conseguiu fechar o segundo set por 6/4, empatando o jogo.

Apesar de colocar mais serviços em quadra, o brasileiro não conseguiu igualar o desempenho no terceiro set. Confiante, Lipovsek Puches foi para cima e jogou muito bem nos pontos com o primeiro saque. Devolvendo quebra de saque e quebrando novamente o paulista, Tomas aproveitou dois de cinco break points para fechar em 6/3.

Agora, o argentino avança às quartas do torneio, onde irá enfrentar o cabeça de chave número um, o experiente e também argentino Carlos Berlocq

RANKING: Com a vitória de hoje, Lipovsek Puches fica agora com 154 pontos. O argentino sobe duas colocações e vai momentaneamente à 307° do mundo, enquanto João Souza fica estagnado na posição de 118, com 509 pontos.