Thiago Monteiro para nas quartas e Rogerinho vai à semi no Challenger de Buenos Aires

Rogerinho enfrentará Leonardo Mayer, algoz de Monteiro, semifinal na Argentina

Thiago Monteiro para nas quartas e Rogerinho vai à semi no Challenger de Buenos Aires
Rogerinho vai à semi em Buenos Aires (foto:Créditos/CopaFila)

No ATP Challenger de Buenos Aires, os brasileiros Thiago Monteiro e Rogerio Dutra Silva, o Rogerinho, entraram em quadra nesta sexta-feira pelas quartas de final da competição, mas tiveram resultados bem distintos na disputa pela vaga na semifinal.

Thiago Monteiro abriu a rodada desta sexta-feira na Copa Fila, que começou ao meio-dia na quadra central. Enfrentou o argentino cabeça de chave 7 Leonardo Mayer, sendo eliminado por parciais 6-2 6-3. Nas oitavas, Monteiro havia vencido outro argentino, Maximo Gonzalez, com parciais 4-6 6-3 e 6-2. 

Já Rogerinho, eliminou Nicolas Kicker nas oitavas, com parciais 6-1 6-7(2)  6-3 e derrotou o cabeça de chave 1 Horácio Zeballos nesta sexta, parciais 6-3 7-6(6). O brasileiro perdia o tiebreak do 2º set por 5-1 e numa incrível reação, conseguiu fechar a partida em 2 sets.

Monteiro está disputando também a chave de duplas, junto com Eduardo Assumpção. Os dois fariam a última partida do dia contra Andrea Collarini e Augustin Velotti na quadra 2, mas a dupla adversária desistiu da competição, deixando a vaga na semifinal do Challenger de Buenos Aires 2016 para os brasileiros.

Equipe brasileira ficou na 1ª rodada

Apesar de ter um bom número de brasileiros disputando a chave principal do Challenger de Buenos Aires, com a exceção de Monteiro e Rogerinho, todos pararam na primeira rodada.

Bruno Santanna furou o quali e foi eliminado por Nicolas Kicker, com parciais 6-4 7-6(4); Pedro Sakamoto, também vindo do quali, perdeu para o convidado Facundo Mena, por 4-6 6-4 e 6-3; Marcelo Zormann, mais um brasileiro que furou o qualificatório em Buenos Aires, perdeu para o português Pedro Sousa em 2 sets, 6-1 6-4; e Daniel Dutra Silva, irmão de Rogerinho Dutra Silva, foi eliminado pelo espanhol Jaume Munar, vindo do quali, com parciais 6-4 6-3. 

Outros brasileiros ficaram na chave qualificatória, como João Pedro Sorgi, Fernando Romboli, Tiago Lopes e Orlando Luz.