Federer e Nadal prestam-se homenagens na inauguração da "Rafa Nadal Academy"

Espanhol inaugurou oficialmente seu novo complexo esportivo em Mallorca

Federer e Nadal prestam-se homenagens na inauguração da "Rafa Nadal Academy"
(Foto: EFE)

Na manhã desta quarta-feira (19), foi inaugurada em Mallorca a "Rafa Nadal Academy", novo complexo esportivo e centro de alto rendimento. A academia, além de contar com várias quadras de tênis, também terá o funcionamento de uma escola, que terá parceria com o governo americano.

De primeiro mundo, o local também contará com quadras de futebol e padel, academias, nutricionistas e restaurantes para abrigar todos os alunos, que tentarão ser futuros tenistas.

E quem esteve presente para prestigiar a festa do espanhol foi seu maior rival, Roger Federer. Os dois, que protagonizaram partidas fantásticas ao longo dos anos, não deixaram de elogiar um ao outro constantemente.

"Em 17 anos de carreira, também fostes a minha maior inspiração. A sua esquerda, o seu spin, a sua agilidade, fizeram eu me reinventar em quadra. Devo isso tudo a ti." elogiou o suíço.

Além disso, o atual número sete do mundo também ressaltou que gostaria de voltar a jogar contra o espanhol nas próximas temporadas.

"Espero que possamos voltar a jogar por muitos e muitos anos. Estou sofrendo pela minha lesão, mas espero poder voltar assim como tu fizestes várias vezes. Não é fácil, mas você fez parecer fácil." concluiu o ex-número um do mundo.

Entre outras homenagens, Nadal presenteou o rival com um emocionante quadro, com fotos de suas grandes partidas e momentos históricos que dividiram em quadra.

"Querido Roger, 

Muito obrigado pelo seu apoio na abertura oficial da minha academia.
Hoje é um dia inesquecível para mim, minha família e minha equipe. Você não pode imaginar o quão especial é te ter aqui conosco hoje.
Roger, esse quadro retrata todos os momentos que tivemos em quadra. Olhando para eles eu vejo todas as grandes memórias que dividimos em nossas carreiras...e vão continuar..." 

Agora, os tenistas irão focar-se em seus treinamentos, visto que Nadal voltará às quadras na Basiléia, terra natal de Federer, onde ambos fizeram a final no ano passado. Já o suíço só retornará no ano que vem.