Del Potro e Sock vencem semifinais e duelam pelo título do ATP 250 de Estocolmo

Argentino superou Dimitrov e americano teve jogo difícil contra Zverev para garantir-se na final

Del Potro e Sock vencem semifinais e duelam pelo título do ATP 250 de Estocolmo
(Foto: Getty Images)

Na manhã deste sábado (22), dois jogos agitaram a programação do ATP 250 de Estocolmo, na Suécia. Com garra e talento, o argentino Juan Martín Del Potro alcançou hoje sua primeira final após voltar de lesão, e também viu o americano Jack Sock bater o jovem Alexander Zverev em uma grande partida.

Agora, Del Potro Sock decidirão o ATP 250 de Estocolmo, em uma final que promete ser eletrizante. No retrospecto, o americano venceu o único confronto entre eles, realizado neste ano, no Masters 1000 de Madrid.

Del Potro bate Dimitrov em sets diretos

Em dois sets apertados, Del Potro e Dimitrov decidiram seu destino na Quadra Central do If Stockholm Open. Ganhando por 6/4 e 7/5 em 1h42 de partida, o argentino anotou o quarto triunfo seguido contra o búlgaro, que nunca o venceu.

O jogo foi difícil, visto que Grigor saiu com quebra de vantagem na primeira parcial. Mesmo assim, Juan não desanimou e conseguiu mais dois breaks para virar o jogo e fechar em 6/4, ganhando 80% dos pontos com o primeiro serviço.

No segundo set, história parecida. O argentino manteve os 80% e conseguiu também duas quebras, uma no placar de 6/5, para vencer a parcial por 7/5 e levar o jogo.

Estando na final, Del Potro agora subirá para a colocação de número 50 no ranking. Com o título, a ascenção seria para a 42° posição. 

Em jogo duro de três sets, Sock supera Zverev

Na sequência, o melhor jogo do torneio até aqui. Com muita persistência e raça, o americano Jack Sock conseguiu superar o jovem Alexander Zverev, que já é 20° do mundo. Após 2h48, o natural do Nebraska venceu com as parciais de 6/7, 7/6 e 6/4. 

O único confronto entre eles havia sido em Pequim, quando o alemão venceu por 6/2 e 6/4, com facilidade. No jogo de hoje, porém, ele conseguiu irritar ao máximo o americano, que não conseguia, de modo algum, quebrar seu saque.

Mesmo assim, Sock foi persistente e não deixou o mental atrapalhar seu jogo, conseguindo uma quebra decisiva e sacando para vencer a partida por 6/4 no terceiro set.

Jack atingirá o maior ranking de sua carreira (#22), e, caso seja campeão, ultrapassará o rival Zverev e tomará-lhe o 20° posto da tabela.