Cibulkova vence Kuznetsova de virada e está pela primeira vez na final do WTA Finals

Este é o nono encontro entre as duas tenistas

Cibulkova vence Kuznetsova de virada e está pela primeira vez na final do WTA Finals
Cibulkova vence Kuznetsova de virada e está pela primeira vez na final do Masters da WTA/ Foto: AP
Dominika Cibulkova
2 1
Svetlana Kuznetsova

Dominika Cibulkova, 8, enfrentou no dia de hoje, 29, a tenista russa, Svetlana Kuznetsova, número 9 do ranking, em busca de uma vaga na final do torneio do Masters da WTA.

Em um jogo com duração de 2h28, a tenista da Eslováquia venceu de virada e enfrentará a alemã líder do ranking, Angelique Kerber.

A primeira parcial contou com superioridade de Kuznetsova na partida. Após Cibulkova confirmar seu primeiro serviço, a detentora de dois Grand Slams ganhou seis games seguidos vencendo assim a primeira parcial por 6 a 1 em 33 minutos.

A número nove do ranking foi superior em relação ao percentual de pontos vencidos tanto com o primeiro quanto com o segundo saque. Sua adversária teve baixo desempenho com seu segundo serviço alcançando a marca de apenas 27%. Cibulkova também foi inferior em relação ao número de bolas vencedoras, disparando quatro contra nove e cometeu mais erros não forçados, nove a cinco.

O segundo set contou com equilíbrio das duas tenistas. Com três quebras para cada lado, a parcial se encaminhou para o tie break. O game decisivo continuou com equilíbrio, mas com 3 a 2 a seu favor, Cibulkova pontuou quatro vezes seguidas e fechou a segunda série por 7 a 6 (2).

A série final contou Kuznetsova abrindo vantagem de 4 a 2, mas, com grande recuperação da Cibulkova, a tenista eslovaca virou para a 5 a 4. Sacando em 4 a 5, a russa teve seu serviço ameaçado e, na primeira oportunidade foi quebrada fazendo assim com que Dominika Cibulkova garantisse sua vaga na final do torneio.

“Estou tão feliz. É minha primeira vez aqui (no Masters), jogando a final agora, e jogando uma partida tão boa contra a Sveta. Para mim, é um sonho meu que se torna realidade e isso é incrível” – disse a tenista eslovaca que não se conteve na comemoração e se jogou na quadra após vencer a partida.