Na reedição da final do US Open, Cilic supera Nishikori e conquista o título na Suíça

Com a vitória, croata levantou o troféu do ATP 500 da Basileia

Na reedição da final do US Open, Cilic supera Nishikori e conquista o título na Suíça
Cilic celebra o título/ Foto: Harold Cunningham/Getty Images
Marin Cilic
2 0
Kei Nishikori

Neste domingo (30), ocorreu a decisão do ATP 500 da Basileia, na Suíça. Cabeça de chave número quatro, o croata Marin Cilic venceu Kei Nishikori do Japão por dois sets a zero, com parciais de 6/1 e 7/6, em uma hora e 37 minutos de jogo. Com a vitória, o tenista da Croácia se sagrou campeão do torneio.

Este foi o 16º título na carreira de Cilic, sendo o primeiro da série ATP 500. Neste ano, o 12º colocado no ranking mundial já havia conquistado o Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, ao bater na final o escocês Andy Murray por dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 7/5.

Com a conquista, Marin soma 410 pontos no ranking da ATP e sobe duas posições. Dessa forma, na próxima segunda-feira (31) voltará ao top 10, ocupando justamente a 10ª posição. No ano, o tenista da Croácia já é o nono melhor. Devido à ausência do espanhol Rafael Nadal, neste momento, Cilic estaria classificado para a disputa do ATP Finals, que começa no dia 13 de novembro.

Este foi o 12º encontro entre os dois em partidas válidas pelo circuito da ATP. No confronto direto, o japonês leva a melhor, com sete vitórias contra cinco de Cilic. No último jogo entre ambos, Nishikori havia vencido nas quartas de final do ATP 500 de Tóquio de 2015, por dois sets a um, com parciais de 3/6 7/5 e 6/3.

Nas semis, Kei bateu Gilles Muller de Luxemburgo por dois sets a um, com parciais de 4/6 7/6 e 6/3, em duas horas e 14 minutos de jogo. Já o quarto cabeça de chave do torneio eliminou o 72º colocado no ranking da ATP - Mischa Zverev da Alemanha - de virada, por dois sets a um, com parciais de 4/6 7/5 e 6/3.

O ATP 500 da Basileia, na Suíça, ocorreu entre os dias 22 e 30 de outubro. O torneio distribuiu 500 pontos no ranking da ATP para o campeão, além de cerca de 400 mil euros de premiação. O atual campeão era o suíço Roger Federer. O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.