Com eliminações de Kerber e Halep, Pliskova assume o topo do ranking da WTA

A tcheca foi eliminada ainda na segunda rodada do torneio, mas contou com uma combinação de resultados para chegar à liderança

Com eliminações de Kerber e Halep, Pliskova assume o topo do ranking da WTA
Foto: WTA/Divulgação

A WTA tem uma nova líder. Na próxima segunda-feira (17), o circuito dará as boas-vindas à Karolina Pliskova ao topo do ranking. A tcheca contou com as eliminações de Angelique Kerber e Simona Halep em Wimbledon para alcançar tal feito.

Wimbledon 2017 não parecia guardar boas lembranças para a tcheca. Logo na segunda rodada, Pliskova veio a ser eliminada pela eslovaca Magdalena Rybarikova (#87) de virada por dois sets a um, parciais de 3-6/7-5/6-2.

Karolina era a mais cotada das casas de apostas para levar o título e estava no páreo, junto de Kerber e Halep, pelo posto de número um, porém, com a eliminação precoce, suas chances se reduziram. Ela precisaria de uma combinação de resultados, o que parecia difícil com o Tênis que suas adversárias diretas vinham apresentando. Mas deu tudo certo para a tcheca. Pliskova contou com a ajuda de Garbiñe Muguruza e Johanna Konta neste meio caminho.

Angelique Kerber foi a primeira a dar adeus. Enfrentando Muguruza na quarta rodada, a alemã teve uma batalha pela frente envolvendo os três sets e acabou eliminada pelo placar de 4-6/6-4/6-4. Este resultado ainda não favorecia Pliskova, quem estava se dando melhor era Simona Halep, que agora dependia só de si.

Entretanto, outra virada estava por vir e, nessa terça-feira (11), foi Halep quem se despediu nas quartas de final de Wimbledon. Johanna Konta começou atrás no placar e o reverteu com as parciais de 6-7(2)/7-6(5)/6-4. Deixando para Pliskova o posto de número um do mundo. Simona Halep se mantém como a segundo melhor tenista e Angelique Kerber desce para a terceira posição.

Karolina Pliskova se tornou profissional em 2009. Alcança a liderança do ranking com nove títulos conquistados na carreira aos 25 anos de idade.  Ao todo, são 409 vitórias e 240 derrotas.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

Tênis