Federer atropela Cilic e conquista Wimbledon pela oitava vez

Suíço teve seu jogo mais fácil do torneio e levantou a 19° taça de Grand Slam da carreira

Federer atropela Cilic e conquista Wimbledon pela oitava vez
Roger levantou o troféu de Wimbledon pela oitava vez na carreira (Foto: Getty Images)
Roger Federer
3 0
Marin Cilic

Mais um recorde quebrado. Na manhã deste domingo (16), o suíço Roger Federer deu mais uma prova ao mundo de que é o melhor tenista de todos os tempos. Na final de Wimbledon, ele derrotou o croata Marin Cilic por 6/3 6/1 e 6/4, virando o primeiro homem a conquistar o torneio oito vezes na carreira.

Além disso, o natural da Basiléia também torna-se o primeiro tenista da história a ter 19 títulos de Grand Slam na carreira, aumentando a vantagem para o segundo colocado, Rafael Nadal, que tem 15 taças.

Com o título, ele também volta ao posto de terceiro colocado do ranking mundial, deixando o famoso "Quarteto Fantástico" novamente entre os quatro primeiros do mundo. Com o vice campeonato, Cilic permanece na sexta colocação.

O jogo

A primeira parcial do jogo teve dois momentos: nos cinco primeiros games, reinou o equilíbrio entre os tenistas, que confirmavam seus saques e corriam muito no fundo da quadra. 

Com o placar de 3/2 para Federer, o jogo mudou. Cilic começou a sentir dores devido às bolhas nos pés que lhe assombraram durante os últimos dias de treinos, e perdeu mobilidade. Roger entrou forte no game seguinte e quebrou seu serviço sem perder pontos.

Tudo ficou mais fácil a partir dali. O heptacampeão confirmou seus serviços e, no saque derradeiro, Marin cometeu uma dupla falta no ponto decisivo e lhe entregou o set por 6/3. O croata sentou em seu banco e chorou copiosamente, pedindo atendimento médico.

Depois disso, Federer viu a oportunidade de dominar o segundo set. Com facilidade, ele abriu 3/0 no placar, aproveitando-se da mobilidade limitada do croata. O melhor de todos os tempos fecharia a parcial em 6/1, perdendo apenas dois pontos em seu saque.

Percebendo a facilidade do adversário em vencer o jogo, Cilic partiu para um último esforço e deixou tudo em quadra no que seria o último set do jogo. Mas Roger estava imparável, e continuava disparando winners com facilidade.

Aproveitando o momento, Marin melhorou na partida e conseguiu deixar tudo equilibrado até o 3/3, quando o suíço melhorou e quebrou novamente, abrindo 5/3. Após a confirmação do croata, Federer sacou bem no último game, e, no match point, disparou seu oitavo ace da partida para sagrar-se campeão pela oitava vez na grama do All England Club.