WTA: Keys fatura Stanford e Makarova é campeã em Washington

A temporada chega à América do Norte e as preparações para o US Open se iniciam

WTA: Keys fatura Stanford e Makarova é campeã em Washington
Foto: WTA/Divulgação

Madison Keys (#17) e Ekaterina Makarova (#42) tiveram o que comemorar, nesse domingo (30). Em Stanford, Keys levou a melhor sobre Vandeweghe e garantiu seu primeiro título da temporada em casa. Já em Washington, quem comemorou foi Makarova com uma vitória sobre Goerges.

A quadra dura entra em cena a partir de agora. Nas preparações para o US Open, as competições se concentram na América do Norte. Essa semana (5-13 de agosto), o circuito feminino disputará o WTA Premier de Toronto.

Keys fatura Stanford

A norte-americana garantiu seu primeiro título do ano com uma vitória sobre sua compatriota Coco Vandeweghe (#20) por dois sets a zero, parciais de 7-6(4)/6-4, em 1h30 de partida.

A temporada não tem sido nada fácil para Keys. Desde seu título em Birmingham no ano passado, a norte-americana vem sofrendo com uma lesão no pulso. O WTA Premier de Stanford foi apenas seu segundo torneio após a segunda cirurgia realizada em maio.

"Eu finalmente sinto que estou no caminho certo e me sinto bem com meu desempenho novamente. É incrível conquistar um título em casa e na quadra dura. Estou muito feliz de que este seja apenas o começo do meu US Open Series", disse Keys confiante.

Makarova leva o título em Washington

Foto: WTA/Divulgação

Quem também voltou ao círculo de campeãs foi Makarova. A russa conseguiu uma virada sobre a alemã Julia Goerges (#35) pelas parciais de 3-6/7-6(2)/6-0, em 2h13. Goerges chegou até a sacar para o título, mas acabou cedendo a quebra para a russa na segunda parcial.

Esta foi sua quarta aparição no Citi Open. Nas últimas três edições, Makarova vinha batendo na trave, caindo sempre nas semifinais. Este ano ainda, a russa saiu um set atrás no placar nas últimas três partidas.

"Eu não sei como ganhei esse torneio. Em todas as partidas, eu comecei muito lenta e não estava sendo agressiva, mas, no último momento, eu decidia que devia atacar e me jogava. Eu acho que fui muito forte mentalmente e não desisti", comentou Makarova.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.