Brasileiros avançam em Challenger colombiano

Enquanto Clezar e Gutierrez avançam sem muitos problemas, Feijão precisa lutar e virar sua partida. Santos perde para tenista local, enquanto Romboli teve o cabeça 1 do torneio pela frente e também foi derrotado

Brasileiros avançam em Challenger colombiano
Foto: 2017 Claro Open Floridablanca

Durante esta semana, além do Masters 1000 de Montreal, acontece o Claro Open Floridablanca, torneio de nível Challenger da ATP, disputado no saibro da cidade colombiana, situada na região de Bucaramanga, que fica ao norte da capital, Bogotá.

Nesta terça (08) tivemos a presença de 5 brasileiros nas 3 quadras usadas neste torneio, sendo que 3 deles avançaram para a fase oitavas de final.

GUTIERREZ E CLEZAR AVANÇAM SEM SUSTOS

Oscar José Gutierrez teve pela frente na Quadra 2 o japonês Naoki Nakagawa. O brasileiro, oriundo no qualy neste torneio, jogou bem desde o início e conseguiu uma importante quebra de saque no 1º set logo no 2º game. Apesar de ser quebrado no 5º game, voltou conquistar 2 quebras seguidas depois disso, fechando o set em 6/2 com autoridade. O set seguinte não foi muito diferente, com ele precisando lutar mais em seu game de saque após quebrar o japonês para manter esta vantagem, e assim fehcar com 6/3 no placar e encerrar o jogo.

Guilherme Clezar teve o tenista Benjamin Lock, do Zimbábue, como adversário na Quadra 1. Ele também passou em sets diretos, marcando duplo 6/3 sobre Lock. No 2º set, um festival de quebras, sendo 3 das 4 em cima do tenista africano.

FEIJÃO VIRA SOBRE EQUATORIANO

O cabeça 4 em Floridablanca, brasileiro João Souza “Feijão”, precisou virar a partida contra Emilio Gomez em mais de 2h30 de partida na Quadra Cnetral. Depois de perder de 5/7 no 1º set, com direito a ser quebrado no último game, teve um 2º set mais equilibrado, porém jogando bem e assim disputando o tie break. Neste tie break, jogou de maneira precisa e o adversário errou bastante, sendo quebrado 3 vezes, e perdendo o tie por 7-2.

O 3º set foi uma apresentação quase impecável de Feijão, não dando qualquer chance de Emilio tentar voltar a partida, continuando a errar mais. Com apenas 29 minutos, o 6/0 veio para encerrar a disputa e dar a vaga nas Oitavas ao brasileiro.

Feijão terá pela frente o qualy brasileiro Oscar Gutierrez, enquanto Clezar terá o jovem e também brasileiro João Pedro Sorgi, que na segunda bateu o tenista local Felipe Ramirez Luna.

ROMBOLI E SANTOS CAEM NA ESTREIA

O tenista de 29 anos e brasileiro Nicolas Santos não conseguiu segurar o bom jogo do local Daniel Elahi Galan Riveros, e perdeu em sets diretos, marcados 7/5 e 6/2. A luta do 1º set, sendo finalizado com derrota acabou custando o 2º set, onde o colombiano foi mais dominante.

Fernando Romboli teve azar na chave e pegoi logo de cara o argentino cabeça 1 do torneio e atual 92º no ranking mundial: Guido Pella. Partida durou apenas 53 minutos, tempo este em que Pella foi soberano marcando 6/2 e 6/0 com facilidade e intensidade já habitualmente conhecida de seu jogo.

OUTROS RESULTADOS DO DIA

Cabeça 2 no torneio, o dominicano Victor Estrella Burgos parou na estreia para o tenista chileno vindo do qualy Gonzalo Lama, atualmente 633º do ranking mundial (Burgos é o 107º no mesmo ranking).

Outro cabeça de chave que caiu na estreia foi o chileno Nicolas Jarry, 3º cabeça na Colômbia, para o argentino Facundo Arguello, por duplo 6/4.

No jogo mais aguardado e demorado do dia, os Alejandros Gonzalez e Falla fizeram o duelo que fechou a programação da Quadra Central. Falla conseguiu vencer após mais de 2h40 de partida, com direito a tie break no 3º set, e cheio de quebras.


Share on Facebook