Roger Federer estreia com vitória avassaladora no Masters 1000 de Montréal

Cabeça de chave número 2 precisou de apenas 53 minutos para despachar canadense Peter Polansky; suíço aguarda definição de seu adversário nas oitavas

Roger Federer estreia com vitória avassaladora no Masters 1000 de Montréal
Roger Federer dominou o confronto do início ao fim (FOTO: Minas Panagiotakis/Getty Images)
Roger Federer
2 0
Peter Polansky

Embalado pela grande fase e batalhando pelo topo do ranking da ATP, Roger Federer estreou com vitória tranquila no Masters 1000 de Montréal. O suíço encarou, na tarde desta quarta-feira (9), o canadense Peter Polansky, atual número 116 do mundo. Se impondo desde os primeiros games, o número 3 do mundo precisou de apenas 53 minutos para aplicar 6/2 6/1.

Sem jogar na cidade de Montréal há seis anos, o suíço foi ovacionado pelos canadenses ao pisar no Uniprix Stadium. Apesar do confronto ter sido pela sessão diurna, pouquíssimos lugares restavam nas arquibancadas do complexo.

O suíço agora aguarda a definição do seu adversário para a fase de oitavas de final. Seu oponente sairá do duelo entre Jack Sock [15] e David Ferrer. Independente do vencedor, Federer terá pela frente um "freguês": tanto Sock quanto Ferrer jamais ganharam do multicampeão. 

Saque letal e voleios precisos

Subidas à rede de Federer acuaram adversário (FOTO: Minas Panagiotakis/Getty Images)

Roger Federer começou a partida sacando muito bem, sem ser ameaçado. No segundo game, Polansky cometeu duas duplas faltas, viu Federer pressionar no chip and charge e terminou quebrado de zero. Com 2/0 no placar, o suíço seguiu sacando com maestria, dificultando demais as devoluções do canadense.

No quarto game do jogo, Polansky sacou melhor e contou com dois erros não-forçados de Federer para confirmar seu saque. Todavia, o suíço não deu brecha para qualquer reação de seu adversário e abriu 4/1 na parcial. No sétimo game, Federer levou apenas 58 segundos para confirmar seu saque e abrir 5/2. Servindo para sobreviver no set, o canadense sucumbiu à pressão de Federer na rede e foi quebrado novamente. 

Precisando de apenas 20 minutos para fechar em 6/2, Federer terminou o primeiro set com 10 winners, sete erros não-forçados, 92% de pontos ganhos com o primeiro serviço e 100% de aproveitamento em subidas à rede: 6/6.

Show do suíço em "treino de luxo"

O suíço foi ovacionado pela torcida canadense ao entrar em quadra (FOTO: Minas Panagiotakis/Getty Images)

O segundo set começou idêntico ao primeiro, com o atual campeão de Wimbledon sacando muito bem na abertura da parcial e buscando a rede a todo momento. Polansky, cometendo muitos erros e sem conseguir colocar seu primeiro serviço em quadra, foi presa fácil para o suíço, que logo abriu 4/0, com duas quebras de vantagem.

No quinto game da parcial, sem nada a perder, o canadense foi pra cima. Sua agressividade trouxe dois break points a favor, mas Federer distribuiu aces e confirmou o game: 5/0. Completamente batido em quadra, restava à Polansky batalhar para impedir o pneu. No game mais longo do jogo, com mais de oito minutos de duração, o tenista da casa sofreu, mas conseguiu confirmar. Federer sacou pra partida e fechou em 6/1.

Estatísticas da partida:

Roger Federer vs. Peter Polansky

  • Winners: 26 x 6
  • Erros não-forçados: 16 x 12
  • Aces: 5 x 1 
  • Break points: 4/7 x 0/2 

Share on Facebook