Murray e Soares são precisos e asseguram vaga nas quartas do US Open

Buscando manter o título do major americano, dupla de Bruno Soares joga bem novamente e vence em sets diretos

Murray e Soares são precisos e asseguram vaga nas quartas do US Open
Foto: US Open / Divulgação
Murray / Soares
2 0
Lindstedt / Thompson

O estádio Louis Armstrong, dentro do complexo de Flushing Meadows em Nova York, foi o palco para a boa partida de duplas masculinas válida pelas oitavas de final da chave do US Open entre os cabeças de chave quatro e atuais campeões, o brasileiro Bruno Soares e o escocês Jamie Murray, e o veterano sueco Robert Lindstedt e o jovem australiano Jordan Thompson. Em jogo preciso, com apenas 1 quebra de vantagem em ambos os sets, os cabeças de chave venceram em apenas 1h04 de total de partida.

No primeiro set, um leve susto para Soares e Murray, que precisaram confirmar o saque já em uma vantagem, porém sendo sólidos nos pontos importantes. No 4º game, quando Lindstedt e Thompson serviam para tentar o empate em 2/2, alguns erros em voleios na rede foram decisivos e quando também era jogado uma vantagem, foi ele quem decretou a quebra e vantagem de 3/1 para Bruno e Jamie, que precisaram apenas seguir confirmando seus serviços até a vitória por 6/3 ser consumada.

O segundo set teve quase um mesmo roteiro do anterior, mudando apenas o game onde a quebra ocorreu. Desta vez, o terceiro game foi quando Murray e Soares conseguiram a quebra, mas a grande diferença foi a forma não só como ela ocorreu, mas como foi jogado todo este set. Robert, experiente e vencedor duplista na ATP, jogou melhor e trouxe junto Thompson consigo, obrigando os cabeças de chave a usarem melhor seu jogo de rede, buscando minar os voleios e devoluções de Lindstedt, além do bom jogo de fundo de Thompson, que joga simples também. Com isso, o resultado de 6/4 veio rapidamente, e assim fechando o jogo em sets diretos.

Bruno e Jamie enfrentarão a dupla cabeça 12 da chave: o holandês Jean Julian Rojer e o romeno Horia Tecau, que venceram Ivan Dodig e Marcel Granollers no domingo.