US Open 2017 | Nadal vence Kevin Anderson e conquista seu 16º título de Grand Slam

Rafael Nadal, número 1 do ranking, vence o sul-africano em sets diretos e conquista seu terceiro US Open

US Open 2017 | Nadal vence Kevin Anderson e conquista seu 16º título de Grand Slam
Rafael Nadal, campeão do US Open 2017 (Foto: Chris Trotman/Getty Images)
Rafael Nadal
3 0
Kevin Anderson

Na final do US Open 2017 que aconteceu neste domingo, o tenista espanhol Rafael Nadal brilhou diante do sul-africano Kevin Anderson, vencendo em sets diretos, com parciais 6-3 6-3 e 6-4, conquistando seu terceiro título na Arthur Ashe e o 16º Slam  da carreira, aos 31 anos de idade.

"Foram duas semanas muito especiais para mim, mas parabéns a Kevin. Ele é um ótimo exemplo para muitas crianças, teve muitas lesões difíceis. Pessoalmente, é inacreditável o que aconteceu comigo depois de alguns anos de lesões, jogando não tão bem. Mas eu tenho jogado um alto nível de tênis e a multidão aqui me leva a um nível mais alto de energia", disse Nadal após a partida. Rafa agradeceu também seu tio Toni, que não vai mais acompanhá-lo como treinador. "Sem ele, eu não estaria jogando tênis. Foi incrível ter alguém com ele me empurrando o tempo todo. Ele me treinou desde criança, é uma das pessoas mais importantes da minha vida". 

Mesmo com a derrota, Kevin Anderson não parecia triste com sua primeira final deste nível. "Chegando à minha primeira final de Grand Slam, é um momento muito emocionante para mim. Eu continuarei trabalhando muito. Eu voltarei", declarou o  tenista.

Com o potente saque de Kevin Anderson, a partida começou bem equilibrada. Nadal manteve seu posicionamento de fundo de quadra, quase desaparecendo do vídeo. Apesar do ótimo serviço, Anderson parecia ansioso para fechar os pontos, comentendo diversos erros e se colocando em apuros em várias oportunidades. Já o espanhol não teve o serviço ameaçado em nenhum momento. No sétimo game, Nadal conseguiu a primeira quebra e, 10 minutos depois, fechou a primeira parcial em 6-3.

No segundo set, Nadal continuou pressionando o saque do sul-africano o tempo todo. Anderson passou a arriscar mais, indo à rede em várias vezes na tentativa de fechar os pontos rapidamente. Mas quem conseguiu com um voleio a quebra necessária para vencer o set novamente por 6-3 foi o espanhol. 

No terceiro set, Anderson sofreu a quebra já no primeiro serviço. Mesmo sacando bem nos games seguintes, Anderson não conseguiu ameaçar o saque de Nadal, que, com um desempenho brilhante, conquistou seu terceiro título de US Open e o primeiro título na quadra rápida desde 2014.