Copa Davis: Austrália e Bélgica duelam por vaga na grande final

Equipes de Lleyton Hewitt e Johan Van Herck duelam no Palais 12, em Bruxelas

Copa Davis: Austrália e Bélgica duelam por vaga na grande final
(Foto: Copa Davis/Divulgação)

Jogando pela semifinal da Copa DavisBélgica Austrália irão confrontar no saibro do Palais 12, em Bruxelas. Com as presenças de David Goffin Nick Kyrgios, o jogo deverá ser empolgante para a torcida local.

Buscando voltar a final do torneio após 14 anos, os "Aussies", campeões em 28 oportunidades, escalam os seguintes atletas: Nick KyrgiosJohn Millman (entrando no lugar de Thanasi Kokkinakis), Jordan Thompson John Peers.

Já os belgas, vice-campeões em 1904 e 2015, quando perderam para a Grã-Bretanha de Andy Murray, chegam para o confronto com os seguintes tenistas: David GoffinSteve DarcisRuben Bemelmans e Arthur De Greef.

Campanhas no torneio

Vencendo seus confrontos por 4 a 1 e 3 a 2, respectivamente, ambas as seleções conquistaram sua vaga nas semifinais.

Austrália teve maior facilidade no primeiro round, eliminando a República Tcheca logo nos três primeiros jogos, com vitórias em sets diretos de Nick Kyrgios Jordan Thompson, além da dupla Groth/Peers.

Nas quartas, em Brisbane, o time recebeu os Estados Unidos, e saiu vencedor com grande atuação de Nick Kyrgios, que derrotou John Isner Sam Querrey, e ainda viu o parceiro Thompson eliminar o favorito Jack Sock.

Começando em Frankfurt contra a Alemanha, a Bélgica surpreendeu: mesmo com a vitória de Alexander Zverev no primeiro dia, os belgas conquistaram todas as outras vitórias, inclusive com Darcis vencendo o jovem Zverev.

Contra a Itália, em casa nas semifinais, nova vitória: após perder a partida de duplas no quinto set, o time manteve a cabeça no lugar para colocar-se na frente e ver Goffin bater Lorenzi para confirmar a vaga.

Retrospecto

O equilíbrio reina entre Bélgica e Austrália. O confronto aponta 2-2, com vitórias dos belgas no saibro e na quadra dura em 2007 e 2010, e duas vencidas pelos australianos no piso de grama, em 1922 e 1991.

Curiosamente, o retrospecto entre os jogadores do confronto é quase inexistente. Com a exceção de Nick Kyrgios vs David Goffin (3-0 para o australiano), nenhum dos outros jogos já foi realizado na história da ATP, fato raro.