Sá para nas semis em Shenzhen; Demoliner vai à final em Chengdu

Nos ATP 250 chineses que ocorrem nesta semana, mineiro foi eliminado ao lado de Dudi Sela; gaúcho conquistou vaga em mais uma final na carreira

Sá para nas semis em Shenzhen; Demoliner vai à final em Chengdu
Brasileiro em ação/ Foto: Renato Miyaji/ VAVEL Brasil
Sá/ Sela
0 2
Monroe/ Mektic

Neste sábado (30), ocorreram as semifinais da chave de duplas dos ATP 250 de Shenzhen e Chengdu, ambos na China. O tenista brasileiro André Sá entrou em quadra ao lado do israelense Dudi Sela - 181º colocado no ranking da ATP - para enfrentar o norte americano Nicholas Monroe e Nikola Mektic da Croácia - dupla cabeça de chave número um.

Depois de uma hora e 27 minutos, os favoritos acabaram vencendo por dois sets a zero, com parciais de 6/3 e 7/6. Na final, seus adversários serão os cabeças de chave número dois - Alexander Peya da Áustria e Rajeev Ram dos Estados Unidos.

Com os 45 pontos conquistados nesta semana, Sá ganha duas posições no ranking mundial e será o 80º na próxima segunda-feira (2). Esta foi a quinta semifinal no ano para o mineiro: foi campeão do Brasil Open em São Paulo, foi finalista do ATP 250 de Eastbourne, na Inglaterra e parou nas semis dos ATP 250 de s-Hertogenbosch, na Holanda, e de Bastad, na Suécia. 

Confira o resumo da partida

O jogo começou equilibrado, com ambas duplas confirmando seus serviços com certa facilidade. Os primeiros a ameaçarem os adversários foram Sá e Sela: perderam três break points no terceiro game. Ganhando confiança, seus adversários começaram a jogar melhor. No oitavo game, a dupla brasileira-israelense não resistiu à pressão, cedendo o break e, posteriormente, o primeiro set: 6/3.

A segunda parcial foi movimentada com diversas chances de quebra para os dois lados. Depois de um break para cada dupla, o set seguia empatado. Assim, após o 12º game, a decisão foi para o tiebreak. Esse também foi marcado pela instabilidade: depois de sete minibreaks, Monroe e Mektic chegaram ao match point, confirmando o serviço, fecharam o jogo com 7/4.

Demoliner é finalista em Chengdu

Outro brasileiro em ação foi Marcelo Demoliner. Jogando ao lado do neozelandês Marcus Daniell, o gaúcho garantiu vaga na decisão do torneio depois da vitória sobre Yen Hsun Lu de Taiwan e Divij Sharan da Índia por dois sets a zero, por duplo 6/3, em uma hora e seis minutos.

Na decisão, a parceria do Brasil e da Nova Zelândia encara Jonathan Erlich de Israel e Aisam Ul Haq Qureshi do Paquistão que vem de vitória sobre o mexicano Santiago Gonzalez e o sérvio Nenad Zimonjic - cabeças de chave número três - em sets diretos: 6/3 e 6/4, em uma hora e 10 minutos.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.