ATP Finals 2017: Alexander Zverev, o jovem que escolheu brincar entre os adultos

Alemão desistiu do Next Gen Finals para tentar a sorte no último torneio do ano

ATP Finals 2017: Alexander Zverev, o jovem que escolheu brincar entre os adultos
(Foto: Getty Images)

No dia 12 de Novembro, inicia-se o Nitto ATP Finals, que reunirá os oito melhores tenistas de 2017 segundo o ranking da ATP. E um dos mais fortes concorrentes do torneio é o jovem alemão Alexander Zverev, que acabou desistindo do Next Gen Finals em Milão para jogar o torneio em Londres, do qual nunca conseguiu participar.

+ Guia VAVEL do ATP Finals 2017

Natural de Hamburgo, Zverev tem 20 anos e completa agora o seu quarto ano como tenista profissional. Seus treinadores são Alexander Zverev Sr. e o espanhol Juan Carlos Ferrero.

Temporada atual

O alemão começou o ano perdendo para Rafael Nadal nas oitavas de final do Australian Open, e recuperou-se com uma performance espetacular no mês seguinte, em Marselha, onde foi campeão na final contra Richard Gasquet, levantando seu primeiro troféu do ano.

Seguindo a ter maus resultados em Masters 1000, perdendo nas primeiras rodadas, ele novamente teve bela campanha em um ATP 250, conquistando o título no saibro em Munique.

A partir daí, o jovem decolou no circuito. No Masters 1000 de MadriAlexander perdeu nas quartas de final para Pablo Cuevas após um grande jogo. O alemão amadureceu seu jogo na terra batida, e no Masters 1000 de Roma, sagrou-se campeão com uma campanha em que passou por nomes como Milos Raonic Novak Djokovic. Finalizando a temporada de saibro, ele foi derrotado logo na estreia em Roland Garros, por Fernando Verdasco.

Mudando para a grama, o alemão fez campanhas consistentes. Foi derrotado na semifinal em S-Hertogenbosch para Gilles Muller e na grande final de Halle contra o suíço Roger Federer. Em Wimbledon, porém, caiu antes da hora contra o canadense Milos Raonic nas oitavas de final.

Depois disso, foram duas semanas mágicas para Zverev, que definiram o restante de seu ano e a vaga no ATP Finals. Primeiro, ele venceu o ATP 500 de Washington, batendo Kei Nishikori Kevin Anderson. Depois, em Montréal, espantou o fantasma das consequentes derrotas para Nick Kyrgios e ainda conquistou o título em cima de Roger Federer.

No restante do ano, teve quedas precoces no US Open, no Masters 1000 de Xangai e em Paris. Com sua campanha, classificou-se em terceiro para o ATP Finals de Londres e também para o Next Gen Finals de Milão, torneio que reúne os jovens talentos do circuito. Pela proximidade de datas, ele optou por ir para o torneio inglês.

Retrospecto contra os adversários 

Zverev (0-3) Nadal
Zverev (2-2) Federer
Zverev (1-4) Thiem
Zverev (3-1) Cilic
Zverev (2-1) Dimitrov
Zverev (1-0) Goffin
Zverev (1-1) Sock

Em quadras duras indoor: 

Zverev (0-0) Nadal
Zverev (0-0) Federer
Zverev (0-1) Thiem
Zverev (1-0) Cilic
Zverev (0-1) Dimitrov
Zverev (1-0) Goffin
Zverev (0-1) Sock

Ficha técnica

Nome: Alexander Zverev

Cidade Natal: Hamburgo, Alemanha

Altura: 1,98 m

Peso: 86 kg

Jogo: destro (backhand com duas mãos)

Profissional desde 2013

Ranking atual: 3