Vandeweghe vence, Stephens decepciona e primeiro dia da final da Fed Cup termina empatado

Vandeweghe deu a primeiro vitória ao conjunto norte-americano, mas a jovem Sabalenka tratou de desbancar Stephens para deixar tudo igual

Vandeweghe vence, Stephens decepciona e primeiro dia da final da Fed Cup termina empatado
Foto: Fed Cup/Divulgação
Bielorrússia
1 1
Estados Unidos

A 55ª edição da Fed Cup, o mais importante torneio de equipes do Tênis Feminino, chega a seu fim neste fim de semana (11-12 de novembro). Na disputa pelo título se enfrentam a equipe da Bielorrússia e o conjunto dos Estados Unidos.

Jogando em casa, na Arena Chizhovka, em Misk, as bielorrussas estreiam em uma decisão de Fed Cup contra uma equipe acostumada a frequentá-la. As norte-americanas, que já acumulam 17 títulos da competição, retornam a uma final após seis temporadas.

Os status não afugentaram o time da Bielorrússia, especialmente a jovem Sabalenka de apenas 19 anos. Os EUA largaram na frente com um duplo 6-4 de Vandeweghe, mas a bielorrussa segurou Sloane Stephens - a atual campeã do US Open - na segunda partida para deixar tudo igual ao fim do primeiro dia.

Vandeweghe vence com segurança

Foto: Fed Cup/Divulgação

O jogo de abertura da grande decisão foi entre Aliaksandra Sasnovich (#87) e Coco Vandeweghe (#10) e terminou com uma vitória tranquila da norte-americana em sets diretos, parciais de 6-4/6-4, em 1h33.

Sasnovich teve o grande apoio da torcida a seu favor, mas não foi suficiente para Vandeweghe. A norte-americana se manteve a frente no placar durante toda a partida. Apesar dos 22 erros-não forçados, ela disparou 12 winners contra apenas metade da bielorrussa, que desperdiçou 27 bolas.

Sabalenka surpreende Stephens

Foto: WTA/Divulgação

As nove mil pessoas que compareceram à Arena ainda teriam motivos para comemorar e muito. A segunda partida foi realizada entre Aryna Sabalenka (#78) e Sloane Stephens (#13). E dessa vez, o ponto foi bielorrusso.

Sabalenka disparou o braço - apenas no primeiro set, ela acertou 15 bolas vencedoras contra apenas 4 de sua adversária - e largou na frente. Stephens se encontrou na segunda parcial e, com um bom jogo defensivo, segurou os winners da bielorrussa, que passou a errar mais.

No terceiro e decisivo set, Sabalenka foi quebrada por Stephens em três oportunidades, mas se manteve na partida e devolveu cada uma delas, chegando a uma quarta quebra no décimo game e virando o set para 6-4 a seu favor.

As equipes voltam empatadas nesse domingo (12). As partidas de simples irão ser inverter e o jogo de duplas fechará a disputa, caso seja necessário.