Após 17 anos, Estados Unidos volta a vencer a Fed Cup e conquista seu 18º título sobre a Bielorrússia

Vandeweghe invicta foi o destaque da campanha norte-americana de volta ao topo

Após 17 anos, Estados Unidos volta a vencer a Fed Cup e conquista seu 18º título sobre a Bielorrússia
Foto: WTA/Divulgação
Estados Unidos
3 2
Bielorrússia

A equipe norte-americana é a campeã da 55ª edição da Fed Cup. Neste domingo (12), Shelby Rogers e Coco Vandeweghe carimbaram o título com uma vitória na última partida contra a dupla bielorrussa - Aryna Sabalenka e Aliaksandra Sasnovich - e fecharam a série com três a dois.

+ Vandeweghe vence, Stephens decepciona e primeiro dia da final da Fed Cup termina empatado

Este título pode ser considerado um marco deste reencontro do Tênis norte-americano feminino em 2017. Mesmo sem Serena Williams, as tenistas do país dominaram as semifinais do US Open com confrontos entre Vandeweghe-Keys e Venus-Stephens.

Coco Vandeweghe, por sua vez, foi o grande destaque da campanha dos Estados Unidos na Fed Cup 2017. Ela venceu as oito partidas que disputou e encerrou sua participação de forma invicta nesta temporada. Antes desta 55ª edição, Coco havia disputado apenas sete partidas, somando quatro vitórias e três derrotas no torneio.

Série em aberto no segundo dia

Com o confronto empatado em um a um, os times voltaram à quadra da Arena Chizhovka, em Minsk, com amplas possibilidades de título, neste domingo.

"Eu dediquei meu tempo e energia durante toda a temporada para poder dar meu melhor para o time dos Estados Unidos" - Coco VandewegheO primeiro jogo foi o confronto entre as vencedoras do primeiro dia. Vandeweghe (#10) acabou levando a melhor sobre Aryna Sabalenka (#78) por dois sets a um, parciais de 7-6(5)/6-1, em 1h30. Mais uma exibição sólida da norte-americana, que encaixou 12 aces na partida.

Entretanto, a equipe bielorrussa estava longe de se entregar. Aliaksandra Sasnovich (#87) respondeu à altura para devolver o empate à série com uma virada contundente para cima de Sloane Stephens (#13). Sasnovich a venceu pelas parciais de 4-6/6-1/8-6, em 2h23 de jogo, sendo que, no último set, a bielorrussa perdia por 2-5, mas virou para 8-6.

A decisão ficou então para a partida de duplas. Vandeweghe juntou suas forças às de Shelby Rogers e elas então marcaram a história norte-americana na Fed Cup com o 18º título ao derrotar o conjunto formado por Sabalenka e Sasnovich em sets diretos (6-3/7-6(3)).

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.