Lesão no joelho volta a incomodar e Rafael Nadal abandona ATP Finals

Em entrevista após a partida contra David Goffin, espanhol revela que jogou com dores e não poderá prosseguir na última competição do ano

Lesão no joelho volta a incomodar e Rafael Nadal abandona ATP Finals
(Foto: Clive Brunskill/Getty Images)

O sonho de Rafael Nadal em conquistar o ATP Finals pela primeira vez na carreira foi adiado. O atual número 1 do mundo e favorito ao título em Londres, voltou a sentir o joelho e precisou abandonar o último torneio da temporada.

Antes da competição começar, o espanhol afirmou que jogaria no sacrifício, pois o tempo hábil para sua recuperação foi curto. A lesão no joelho, sentida no decorrer do Masters 1000 de Xangai, tirou Rafa Nadal do ATP 500 Basel e forçou o tenista a abandonar o Masters 1000 de Paris, ainda na segunda rodada.

Nesta segunda-feira (13), Nadal estreou pelo Finals contra David Goffin e foi derrotado em três sets. Durante a partida, foi possível perceber o espanhol se queixando de dores e evitando determinados movimentos.

Logo após o encerramento do jogo, o número 1 do mundo comunicou a sua decisão, afirmando ser impraticável atuar com as dores e que teme agravar ainda mais a lesão.

"Eu sinto mais dor do que aguento suportar. Eu tentei, lutei, mas não faz sentido continuar jogando nestas condições. Percebi que não conseguiria continuar enquanto ainda estava em quadra. Não aguentava mudar a direção, fazer outros movimentos básicos. Não queria terminar o ano desta forma. De qualquer forma, foi uma temporada inesquecível", afirmou o tenista.

Com a desistência de Rafael Nadal, o também espanhol Pablo Carreño Busta, que terminou a corrida pela classificação em nono lugar, herda a vaga de seu compatriota.