Depois de eliminar Dimitrov, Kyrgios conquista primeiro título em casa

Jovem australiano foi campeão do ATP 250 de Brisbane em cima do norte-americano Ryan Harrison

Depois de eliminar Dimitrov, Kyrgios conquista primeiro título em casa
Australiano sorri com troféu (Foto: Getty Images)
Nick Kyrgios
2 0
Ryan Harrison

Que começo de temporada! Depois de um início de semana polêmico, durante o qual afirmou não ter aceitado treinar com o escocês Andy Murray por conta do horário marcado, Nick Kyrgios encantou dentro das quadras de Brisbane, na Austrália, para conquistar seu primeiro troféu jogando em casa. Neste domingo (7), o tenista de 22 anos derrotou o norte-americano Ryan Harrison na decisão para ficar com o troféu inédito.

A vitória do natural de Canberra veio em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/2, em uma hora e 14 minutos. Este foi o quarto título na carreira do australiano, sendo o terceiro de nível ATP 250 - os outros foram em Marselha e Atlanta. Seu último troféu havia sido no final de 2016, no ATP 500 de Tóquio, no Japão.

Com a conquista, Nick somou 250 pontos no ranking da ATP e ganhou quatro posições. Dessa forma, na próxima segunda-feira (8), será o 17º colocado, com 2260 pontos. Seu melhor resultado foi o de número 13.

Resumo da partida

O jogo começou equilibrado, com ambos tenistas tendo certa dificuldade em confirmar seus serviços. O que mais sofria era Kyrgios que, logo no primeiro game, teve de salvar dois break points. No sexto game, quando o australiano sacava em 2/3, teve de lidar com mais três chances de quebra antes de, enfim, conseguir confirmar seu saque.

Frustrado com as oportunidades perdidas, seu adversário baixou o nível na sequência. Aproveitando a situação, Nick quebrou para abrir vantagem. À frente no marcador, o tenista da casa cresceu: sacando impecavelmente, fechou o set em 6/4.

Na segunda parcial, Harrison não foi capaz de sustentar o mesmo nível que o levou à final do torneio. Jogando mal, deu chances ao adversário, que aproveitou: com duas quebras, Kyrgios venceu o set com 6/2 para conquistar o troféu.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.