Sandgren elimina Thiem e segue vivendo semana mágica em Melbourne

Norte-americano, que já havia eliminado Stan Wawrinka, triunfou sobre número 5 do mundo em batalha de cinco sets

Sandgren elimina Thiem e segue vivendo semana mágica em Melbourne
Sandgren avança para as Quartas de Final (Foto: Mark Kolbe/ Getty Images)
Tennys Sandgren
3 2
Dominic Thiem

Até o início da atual temporada, Tennys Sandgren só havia disputado a chave principal de um major por duas vezes, caindo na primeira rodada de Roland Garros e do US Open em 2017. Foi derrotado também nas cinco tentativas anteriores de furar o qualificatório do Australian Open. Com apenas duas vitórias em torneios de nível ATP, sua carreira havia sido construída no circuito de Challengers. Nada parecia indicar que ele iria se tornar, aos 26 anos de idade e ocupando o posto de número 97 do ranking, o primeiro americano a disputar as Quartas de Final do Australian Open desde a campanha de Andy Roddick em 2010.

Sandgren já havia surpreendido em Melbourne ao eliminar o suíço Stan Wawrinka na segunda rodada. Nessa segunda-feira (22), ele repetiu sua mágica e superou Dominic Thiem, cabeça de chave número 5, por 3 sets a 2, parciais de 6/2, 4/6, 7/6 (7-4), 6/7 (7-9) e 6/3 em 3 h e 54 de partida. Com o resultado, Thiem continua sem alcançar as Quartas de Final de um Grand Slam fora do saibro  - o austríaco foi duas vezes semifinalista de Roland Garros.

O americano sacou bem desde o início do jogo, sólido no fundo de quadra e preciso nos contra-ataques. Do outro lado, Thiem colocava apenas 47% do primeiro serviço em quadra e, disperso e sem soluções, terminou a parcial duas quebras atrás do rival.

Nos dois sets seguintes, Dominic conseguiu equilibrar a partida, melhorando gradualmente o saque e adotando uma postura mais agressiva. A quebra no início do segundo set foi suficiente para empatar o jogo. Com uma quebra para cada lado, a terceira parcial foi decidida no tie break. O americano errou menos, mostrando maior frieza nos pontos decisivos, e abriu dois a um.

O quarto set foi disputado saque a saque e terminou em um eletrizante tie break. Thiem salvou um match point com uma esquerda paralela espetacular e, com coragem, levou o confronto para o quinto set com mais uma bola vencedora de backhand. As expectativas de que o austríaco se impusesse no set decisivo não se cumpriram. Sandgren manteve a frieza, salvou um break point no terceiro game e esperou a oportunidade de colocar pressão no serviço do adversário. Os erros de Thiem no oitavo game deram ao norte-americano a chance que ele precisava para realizar o maior feito de sua carreira até aqui e dar prosseguimento ao sonho.

Tennys Sandgren encara na próxima rodada outra sensação do torneio, o jovem Hyeon Chung, que eliminou o sérvio Novak Djokovic por três sets a zero. Os dois tenistas já se enfrentaram esse ano no torneio de Auckland, com vitória do sul-coreano por dois sets a um.