Simona Halep: "Triste por ainda não ter conseguido vencer, mas espero que a quarta seja de vez"

Romena contou após a partida estar triste por perder a sua terceira final de Grand Slam, mas espera vencer na próxima que disputar

Simona Halep: "Triste por ainda não ter conseguido vencer, mas espero que a quarta seja de vez"
Foto: Getty Images/Clive Brunskill

Se de um lado a noite foi de sonhos para Caroline Wozniacki, que venceu o Australian Open, para a romena Simona Halep foi de tristeza por perder a sua terceira final de Grand Slam.

A ex-número um do mundo discursou após a final e deu os parabéns para a dinamarquesa campeã e desejou boa sorte no futebol.

“Não é fácil falar agora, mas primeiro quero dar os parabéns à Caroline, ela jogou de forma espetacular durante todo o torneio. Muitos parabéns também à tua equipa, ao teu pai, pelo que vocês têm feito nos últimos anos. E incrível, por isso parabéns e boa sorte no futuro”, desejou Halep.

A romena contou das dificuldades que passou no torneio por conta de uma lesão no tornozelo, mas disse estar satisfeita com o próprio desempenho e por ter alcançado outra final.

“Tem sido um torneio difícil para mim. Não comecei muito bem, com uma lesão no tornozelo, mas simplesmente queria dar o meu melhor em todos os encontros, e foi o que fiz, e estou muito contente por ter podido disputar mais uma final de Grand Slam. Claro que estou triste, não consegui vencer hoje, mas a Caroline esteve melhor do que eu, mas vou continuar a lutar e ainda tenho muitos anos na minha carreira, por isso espero poder ter outro desafio como este no futuro”, contou a vice-campeã.

Simona Halep ainda agredeceu a sua equipe e todos seus fãs, e se desculpou por não ter conseguido vencer sua terceira final de Grand Slam, mas que espera que na quarta oportunidade o título não escape.

“Também quero agradecer à minha equipe, é um trabalho muito duro, todos os dias. Obrigada por estarem sempre ao meu lado, e também à minha família. As pessoas que estão me vendo em casa, estou triste por ir à terceira final  e ainda não ter conseguido vencer [um Grand Slam], mas espero que à quarta seja de vez”, finalizou.