Federer bate Cilic em cinco sets e é hexacampeão do Australian Open

Suíço igualou marcas de Djokovic e Emerson, tornando-se maior campeão do torneio; além disso, conquistou seu 20º Grand Slam

Federer bate Cilic em cinco sets e é hexacampeão do Australian Open
Roger posa com troféu (Foto: Xin Li/ Getty Images)
Roger Federer
3 2
Marin Cilic

Em sua sétima final pelo Aberto da Austrália, Roger Federer consagrou-se hexacampeão do torneio neste domingo (28) e fez história ao ser o primeiro homem a conquistar 20 Grand Slams em simples. Até então, esta marca havia sido superada apenas no tênis feminino por Serena Williams, Steffi Graf e Margaret Court. Com essa vitória, o ex-líder do ranking garantiu seu 96º título na carreira.

O suíço obteve a façanha ao bater o croata Marin Cilic, número 6 do ranking, em uma partida de cinco sets com parciais de 6/2 6/7 6/3 3/6 6/1 em 3h07. Até então, Federer não tinha perdido nenhum set durante o torneio.

+ Federer comemora conquista em Melbourne: "O conto de fadas continua"

Resumo da partida

A partida começou com o suíço embalado e muito firme em seu serviço, abriu 4/0 e administrou seu saque para fechar em 6/2 em 26 minutos de partida. Pouco errante, cometeu apenas três erros não forçados contra 12 de seu adversário e venceu o dobro de pontos (26 a 13). Este foi o set mais rápido que Federer ganhou durante o torneio.

Mais focado, o croata entrou no jogo e equilibrou a partida. Sem quebras, a parcial foi decidida no tiebreak. Firme, venceu o game decisivo por 7 a 5 e empatou o jogo em um set a um. Apesar de ter disparado nove aces, Federer cometeu três duplas faltas enquanto seu adversário disparou seis e não cometeu nenhuma.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Com apenas uma quebra no sexto game do terceiro set, o suíço novamente esteve na frente no placar. Com facilidade fechou em 6/3 em 30 minutos. Na quarta série, abriu 3/1 e, quando tudo parecia estar encaminhado, Cilic reagiu ao vencer cinco games seguidos e empatar o jogo em dois sets a dois e levou assim a partida para o quinto e decisivo set.

Ao quebrar o croata logo no início da última parcial, Federer abriu vantagem de 3/0. Com mais uma quebra no sexto game, o ex líder do ranking não teve dificuldades para confirmar seu serviço e vencer o torneio de Melbourne pela sexta vez. Com esta vitória, empata com Roy Emerson e Novak Djokovic como os maiores campeões do Major australiano.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Com a retirada de Rafael Nadal nas quartas de final, o espanhol perderá 840 pontos e deixa a disputa pela liderança mais equilibrada. A diferença entre o líder e o tenista helvético passará a ser de apenas 155 pontos. Em fevereiro, Rafa defende 300 pontos e Federer apenas 45.