Thiago Monteiro vira partida contra Cid e empata o confronto para o Brasil na Davis

O confronto poderia ter sido mais tranquilo, se não fosse pelos erros do brasileiro nos momentos decisivos

Thiago Monteiro vira partida contra Cid e empata o confronto para o Brasil na Davis
Foto: CBT/Divulgação
Thiago Monteiro
2 1
Roberto Cid

Após João Sorgi (#365) perder na primeira partida dessa sexta (2), Thiago Monteiro (#117) veio à quadra com a missão de vencer para que o Brasil respirasse na disputa do Zonal Americano I da Copa Davis. Favorito no confronto, o tenista número um da equipe enfrentou o dominicano Roberto Cid (#468).

Engana-se quem imaginou uma vitória fácil do cearense, Thiago precisou dos três sets para superar Cid pelas parciais de 6-7(6)/7-5/6-2, em 2h19 de partida. O brasileiro se complicou mais por conta própria. Buscando sempre a definição rápida dos pontos, ele arriscou muito e ficou suscetível a erros, especialmente nos momentos decisivos.

O confronto entre Brasil e República Dominicana se encerra nesse sábado com a partida de duplas e a inversão nas simples. Marcelo Melo e Marcelo Demoliner vão encarar o conjunto formado por Nick Hardt e José Olivares. Em seguida, Monteiro enfrenta Hernández e Sorgi encontra Cid. Os jogos estão sendo disputado na quadra dura, em Santo Domingo.

O jogo

Thiago começou a partida pressionado e tendo que salvar break point logo no primeiro game. Porém, não demorou para sua chance de quebra aparecer e ele logo tratou de abrir vantagem (3-1). Administrando o resultado, o brasileiro chegou a sacar para o set com 5-3, mas Cid reagiu e tomou seu serviço.

O set point até veio no game seguinte, mas o cearense voltou a desperdiçar a oportunidade. Parcial empatada e decisão no tie-break, Monteiro saiu atrás com 2-5 contra, se recuperou, virou para 6-5 e teve um novo set point. Entretanto, ele acabou perdendo os três pontos seguintes e o dominicano fechou em 6-8.

Buscando uma reação, o cearense saiu na frente no segundo set com uma quebra no terceiro game. Teve a vantagem por boa parte da parcial novamente e quando sacava para fechar no 5-4, voltou a desperdiçar um set point e teve seu serviço quebrado. Contudo, Monteiro não perdeu ritmo, contra-atacou no game seguinte e chegou ao triplo break point. Quebrou e fechou em 7-5 ao confirmar seu saque.

Confiante, Thiago dominou a terceira parcial. Com duas quebras a seu favor, abriu 4-0 e só teve de administrar sua vantagem até o final para fechar com 6-2.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.