Brasil é superado pelo Paraguai na final do Zonal da Fed Cup

Brasileiras lutavam por uma vaga nos play-offs da segunda divisão Mundial, mas acabaram derrotadas por dois a zero

Brasil é superado pelo Paraguai na final do Zonal da Fed Cup
Foto: CBT/Facebook
Paraguai
2 0
Brasil

Após uma boa campanha na fase de grupos, o Brasil está fora da Fed Cup 2018. Nesse sábado (10), a equipe brasileira foi derrotada no jogo de promoção aos play-offs nas duas partidas de simples disputadas contra as paraguaias. As brasileiras permanecerão no Zonal Americano I na edição que vem.

Houve uma crescente no desempenho brasileiro na competição. Na edição passada, o país ficou em penúltimo no seu grupo e disputou com a Bolívia para não ser rebaixado. Acabou vencendo e permanecendo na primeira divisão do continente.

Durante sua campanha nesta Fed Cup, o Brasil derrotou a Venezuela na primeira rodada de virada, arrasou a Guatemala em seguida e tomou a liderança da Argentina na última e decisiva rodada. Guatemala e Venezuela acabaram rebaixadas ao Zonal Americano II.

O time Brasil foi composto por: Beatriz Haddad (#59), Gabriela Cé (#405), Nathaly Kurata (#429) e Luisa Stefani (#570). Seu capitão é Fernando Roese.

Brasil x Paraguai

O retrospecto entre as equipes apontavam o time paraguaio como o favorito. Em três ocasiões (2010, 2014 e 2015), Brasil e Paraguai se enfrentaram nesta mesma etapa da competição e as paraguaias levaram a melhor nas três. Em confrontos diretos, eram oito vitórias para o Paraguai contra seis para o Brasil. E não foi diferente neste, com as paraguaias sendo bem superiores nas partidas.

Nathaly Kurata (#429) foi a primeira a entrar em quadra. Ela enfrentou Montserrat Gonzalez (#366) e perdeu pelas parciais de 6-1/6-3. A paraguaia aproveitou quatro das cinco chances de quebra que teve e se garantiu no único game complicado da partida, no qual salvou dois break points contra.

Beatriz Haddad (#59) fez o segundo jogo do confronto. Uma verdadeira batalha contra Veronica Cepede (#84) que durou 3h26 e decidiu em favor das paraguaias. Elas alcançaram seu segundo ponto com Cepede vencendo Bia de virada por 6-7(2)/7-5/7-6(9).

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.