Osasco bate Campinas e assegura liderança da Superliga feminina

Em duelo de líderes da Superliga feminina, o Osasco venceu por 3 sets a 1 o Campinas, garantindo a liderança da competição; agora, time espera a definição do 8º colocado para saber quem enfrenta nos playoffs. Em uma noite inspirada da italiana Caterina, que fez sua melhor apresentação com a camisa do time, o time osasquense contou com um ataque inspirado e muita regularidade para vencer a sólida defesa adversário.

A maior pontuadora do jogo foi Tandara, do Campinas, com 23 pontos ganhos. A partida definiu a liderança antecipada do Osasco na Superliga, que enfrenta agora a equipe de Uniara/AFAV, já o Amil/Campinas enfrenta o Maranhão/CEMAR. Ambos os jogos ocorrem na próxima terça-feira (25), pela última rodada desta fase classificatória.

Em jogo movimentado, Osasco vence e se garante na ponta

O primeiro set começou com o Molico/Osasco abrindo uma vantagem de quatro pontos (6-2) e a partir de uma boa recepção seguiu na frente até a primeira parada técnica (7-4). Depois do tempo técnico a equipe campineira se encontrou, e encaixando bons saques e com Tandara virando as bolas o time conseguiu encostar e chegou à frente na segunda parada técnica (14-13). Osasco conseguiu passar, mas em uma sequência de bons saques da Tandara o Amil reagiu e virou o jogo. A partir daí o jogo foi pura emoção: com as equipes se alternando no placar, ambas tiveram chances de vencer o set, mas numa bola de xeque a italiana Caterina não desperdiçou e fechou o set em 25 a 23 para o Osasco.

A recepção do Campinas começou mal na recepção, e deixou o jogo complicado para a equipe do interior paulista, mas o bom bloqueio da equipe conseguiu equilibrar o início de set e impediu que o Molico/Osasco abrisse grande vantagem.  Depois da parada técnica a  tônica foram os erros do saque, mas quando Claudinha teve o saque na mão, não desperdiçou e fez um ace que empatou o jogo (10-10).  A paridade entre as duas equipes seguia, e num erro de Natália o Molico/Osasco chegou novamente a frente na parada técnica (14-13). O Amil/Campinas continuava a errar o passe e via seu adversário se afastar num placar e ter a três bolas do set (20-17), até que a levantadora reserva da equipe campineira, Priscila Heldes, entrou e ajudou o time a empatar o jogo no saque (20-20). Porém, em dois bons ataques de Sheilla, a equipe osasquense fechou o set em 22 a 20.

No set seguinte, o Amil/Campinas, ao contrário dos outros sets, começou bem na recepção e por consequência conseguiu jogar melhor e chegar a frente na primeira parada técnica (7-5). Porém depois do primeiro set a equipe voltou a sentir a recepção e o Molico/Osasco empatou (10-10). O técnico José Roberto, em busca de uma melhor efetividade nas bolas pelo meio, colocou Angélica no lugar de Carol Gattaz e o time reagiu, chegando na frente na segunda parada técnica (14-11). O Molico/Osasco tentou, mas dava tudo certo para a equipe campineira que até “ponto de defesa” fez e o técnico Luizomar tentou frear o bom momento do adversário pedindo tempo (17-12), arriscando uma inversão do 5-1, entrando Lia e Ana Maria no lugar de Sheilla e Fabíola. Ambas entraram bem, mas a equipe não conseguiu chegar e o Amil/Campinas fechou em 21 a 17.

O quarto set começou com o Amil/Campinas abrindo uma ligeira vantagem, que se desfez logo depois de um pedido de tempo o time a dianteira do placar com 5-3; o Osasco por sua vez, virou e conseguiu chegar primeiro na parada técnica (7-6). E o jogo seguiu ponto a ponto, bloqueio de um lado, ace do outro até que, em mais um bloqueio, o Molico/Osasco abriu dois pontos e chegou na parada técnica (14-12). No final do set Caterina deixou o Molico/Osasco em boas condições de definir a partida, para que em erro de saque de Tandara o time fechasse o jogo vencendo o set por 21 a 17.

Outros Resultados:

Unilever/Rio de Janeiro 1 x 3 Sesi

São Bernardo 3 x 0 Rio do Sul

São Cristovão/São Caetano 3 x 0 Barueri

Brasília 1 x 3 Banana Boat/Praia Clube

Maranhão/CEMAR 3 x 2 Decisão Engenharia/Minas

Uniara/AFAV 0 x 3 Pinheiros

VAVEL Logo