Gamova responde José Roberto Guimarães: “Não recebi um caminhão de dinheiro e sim dois”
Gamova estará com a Rússia no mundial em Setembro (Foto: Divulgação/FIVB)

O comandante da seleção brasileira de vôlei, José Roberto Guimarães, criou polêmica logo após a vitória das brasileiras sobre as atuais bicampeãs mundiais, por 3 sets a 0 em cima da Rússia, no último sábado (9), pelo Grand Prix. O treinador afirmou ter conversado com Sokolova, uma das veteranas da seleção russa, e que ela afirmou que jogaria o torneio dependendo do dinheiro oferecido pela entidade russa, já Gamova só aceitaria ajudar no tricampeonato russo por um “caminhão de dinheiro”.

“Conversando com a Sokolova, ela disse que não voltaria. Ia depender do dinheiro que oferecessem pra ela voltar. Eu sei que pra Gamova é um caminhão de dinheiro. Assim eles estão tentando resgatar essas jogadoras”, explicou o treinador brasileiro.

A declaração gerou polêmica e Gamova, a atacante mais bem paga do mundo, mudou seu estilo e respondeu ao treinador de forma irônica via Facebook:

"Prezado técnico Z, em uma entrevista, você disse que eu recebi um caminhão de dinheiro pela participação na seleção russa. Informo que essa informação não é correta. Não foi um caminhão, mas sim dois. Também compraram para mim uma casa no Rio de Janeiro, na costa perto de você. Vamos estar todas as noites visitando um ao outro, falando sobre o mundo do vôlei e tomando capirinha. Atenciosamente, Katya Gamova”, foi a publicação da russa.

Tanto Gamova, quanto Sokolova, não estão viajando com o elenco russo na disputa do Grand Prix, que terá sua terceira etapa disputada neste fim de semana. No entanto, a Federação Russa de vôlei confirmou a presença de Gamova e também da ponteira Sokolova para a disputa do Mundial da Itália, entre os dias 23 de setembro e 12 de outubro. No Mundial, o Brasil está no Grupo B, ao lado de Sérvia, Turquia, Canadá, Camarões e Bulgária, enquanto a Rússia caiu na Chave C, integrada por Estados Unidos, Tailândia, Holanda, Cazaquistão e México.

VAVEL Logo